Geral

Orleanense recebe título de Condessa de Azambuja

O título de nobreza remete à antiga Colônia Imperial de Azambuja, fundada em 1877

Divulgação

A orleanense Thayni Librelato recebeu nesse mês o título honorífico de Condessa de Azambuja, concedido pelo prefeito municipal de Pedras Grandes, Agnaldo Filippi, em virtude da sua intensa participação comunitária e apoio ao desenvolvimento regional.

Entre os agraciados com a comenda estão personalidades catarinenses e internacionais, como o governador do Estado, Carlos Moisés, parlamentares e outros apoiadores da causa da pavimentação da Rodovia da Imigração Italiana, cujo desfecho favorável foi anunciado nesta sexta-feira.

O título de nobreza remete à antiga Colônia Imperial de Azambuja, fundada em 1877. A partir do local, outras levas de imigrantes espalharam-se pelo sul do estado. Depois de mais de um século, a memória dos pioneiros está sendo lembrada pelo município de Pedras Grandes, que conta para isso como apoio das principais lideranças da sociedade.

É o caso de Thayni Librelato que nasceu em Criciúma, em 28 de junho de 1983, mas sempre viveu em Orleans. É uma mulher muito expressiva, acionista e conselheira de Administração, empresária, administradora de empresas, advogada e diretora em associações. Voluntária em muitas sociais, participante ativa do movimento Unidos pela Vacina, do Mulheres do Brasil. Coautora do livro Empreendedorismo Feminino, Inovação e Associativismo, é entusiasta do empreendedorismo apresentando o programa Papo Empreendedor na Rádio Guarujá, no qual administradora da emissora.

Realiza atividades sociais, utiliza a educação recebida, suas virtudes pessoais, seus inúmeros relacionamentos e influência para dar voz aos pequenos municípios para que possam criar estrutura, gerando emprego, renda, oportunizando a cooperação e o compartilhamento regional.

Notícias Relacionadas

Mais um trecho da rua Hermínio Baggio, no Santo Antônio, em São Ludgero, receberá camada asfáltica

A execução da obra contou com a parceria dos proprietários dos terrenos em relação a retirada de cercas e autorização para alargamento da via

Anvisa determina recolhimento de lotes interditados da vacina CoronaVac

Mais de 12 milhões de doses foram envasados em fábrica não autorizada pela Agência e tinham sido interditadas no início do mês.

Homem é flagrado furtando residência, tenta fugir a nado, mas é capturado em Tubarão

O homem, de 31 anos, estava furtando objetos de uma residência quando foi flagrado por outros moradores.

Pedido de Comissão Processante para cassação de prefeito de Urussanga é arquivado

Houve quatro votos contrários e cinco favoráveis à criação da Comissão.