Geral

Paciente com cirrose hepática morre em Pescaria Brava

Remédios que Lucilene precisava tomar custam cerca de R$ 42 mil. O processo para fornecimento do medicamento depende de análise do Estado.

Divulgação

A moradora de Pescaria Brava que sofria de cirrose hepática C crônica (genótipo 3), morreu no último domingo (6). Lucilene de Medeiros Acordi esperou alguns meses por medicamentos de alto custo e quando recebeu morreu dias depois.

Em julho, familiares e amigos da mulher iniciaram uma campanha por meio online para comprar as medicações. Por mês seriam necessários R$ 42 mil para adquirir os remédios. Ela deixa esposo e quatro filhos. O velório e o sepultamento da mulher ocorreram na manhã desta segunda-feira (7), em Pescaria Brava.

A mulher tinha outras complicações devido a sua doença. Ela tinha ascite, acumulação anormal de líquido no abdome e que causava inchaço. Peritonite bacteriana espontânea, que corresponde a infecção bacteriana de liquido ascítico previamente estéril na ausência de foco intra-abdominal de infecção. Além disso, era diagnosticada com anemia por doença hematológica e hipertensão portal.

Na semana passada a mulher recebeu três caixas de Sofosbuvir/Valpatasvir 100/400mg. Ela deveria tomar um comprimido por dia. Com o tratamento, ela não precisaria fazer um transplante de fígado.

A família de Lucilene sobrevive apenas com um salário mínimo pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O esposo é autônomo e por isso, não tem renda fixa. Os quatro filhos do casal dependiam dos pais.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Após um mês na UTI enfrentando a Covid-19, paciente de Pescaria Brava recebe alta no HNSC, em Tubarão

A paciente deu entrada no Hospital no dia 21 de março, e no dia 27 foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva, onde precisou receber ventilação mecânica.

Após realização do primeiro transplante renal do Sul do Estado, paciente tem alta do Hospital São José

Iasmin de Aguiar Possidonio, de 19 anos, teve alta na manhã desta terça-feira, dia 14 de janeiro

Marido morre em acidente de carro três dias após suspeita de matar mulher a tiros em SC

Colisão contra caminhão ocorreu nesta segunda na BR-116. Mulher foi encontrada morta na sexta, atingida por três disparos na cabeça.

Jovem de 20 anos morre e homem fica ferido em acidente de trânsito em Meleiro

Dois carros bateram de frente na SC-108 na noite de sexta-feira (15).