Saúde

Paciente transferida para o ES retorna a SC após cura da Covid-19

Ivanir Terezinha de Almeida, 70 anos, recebeu alta no sábado (1º) e voltou para Chapecó no mesmo dia

Divulgação

A última paciente de Santa Catarina que estava internada no Espírito Santo para o tratamento da Covid-19 teve alta na sexta-feira (30). No dia seguinte, 1º de maio, Ivanir Terezinha de Almeida, 70 anos, retornou a Chapecó após passar quase dois meses longe de casa.

Ivanir foi a terceira paciente de SC levada ao estado capixaba. A transferência aconteceu no dia 6 de março. A idosa estava internada no Hospital Regional do Oeste, Chapecó, desde o dia 28 de fevereiro. A ida ao Espírito Santo aconteceu num momento em que o município enfrentava lotação dos leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A filha, Elizangela Almeida, foi até o Espírito Santo acompanhar a mãe no retorno. Ela partiu na madrugada de sábado e as duas chegaram no Oeste no início da tarde. No aeroporto, uma faixa recepcionou a idosa com os dizeres: “Bem-vinda guerreira! Te amamos muito”. 

— Toda a família foi buscá-la [no aeroporto de Chapecó]. Netos, filhos, irmãos, amigos. Muitas pessoas foram até lá receber ela — contou Elizangela.

Cinco pacientes de SC foram transferidos para continuar o tratamento contra a Covid-19 no Espírito Santo. Contudo, apenas Ivanir sobreviveu a doença.

O acordo entre os dois estados era de transferir até 16 pacientes, mas a operação foi suspensa após uma alta na ocupação de UTIs no estado capixaba.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Bebê sobrevivente a ataque em creche de SC recebe alta da UTI

Henryque teve um corte perto do olho, que atingiu até o osso da face, cortes nos lábios e gengivas, outro perto do pescoço, que atingiu o pulmão, na barriga e mais alguns superficiais.

Arteris se manifesta sobre acidente na BR-101 que matou caminhoneiro

Caminhoneiro Jaci Laranjeira Nunes, de 55 anos, morreu no gravíssimo acidente.

Pfizer deve produzir 4 bilhões de doses de vacina contra covid em 2022

Empresa espera fabricar 3 bilhões de doses em 2021, diz Albert Bourla.

Carlos Moisés exonera 82 nomes do governo de Daniela Reinehr

No total, há gestores do primeiro, segundo e terceiro escalão do governo.