Geral

Pais que usaram doença do filho para enriquecer são presos e condenados em SC

Foto: Divulgação

Na tarde de quarta-feira (22), Renato e Aline Openkoski, pais de Jonatas Henrique Openkoski, foram presos em Joinville sob a acusação de uso indevido dos fundos arrecadados para o tratamento de seu filho. A campanha “AME Jonatas” havia conseguido mais de R$ 4 milhões para o tratamento de Atrofia Muscular Espinhal (AME) de Jonatas, que faleceu em janeiro de 2022 aos 5 anos.

As prisões foram realizadas pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami) de Joinville. Após passarem por exames de corpo de delito, o casal foi encaminhado ao presídio local. Aline e Renato enfrentam penas que totalizam 71 anos de reclusão, sendo 27 anos para Aline e 44 para Renato, conforme sentença judicial de outubro de 2022, ainda sujeita a recursos nos tribunais superiores.

A sentença destacou que parte dos fundos arrecadados foi desviada para a aquisição de bens e serviços pessoais, não relacionados ao tratamento médico de Jonatas.

A investigação também revelou que o casal gerenciava uma operação de venda de camisetas associada à campanha, cujos lucros deveriam ser direcionados ao tratamento de Jonatas. No entanto, segundo o juiz, esses recursos foram utilizados para sustentar um estilo de vida incompatível com as receitas declaradas.

Como parte das medidas judiciais, bens de alto valor adquiridos durante a campanha serão leiloados ou doados para entidades beneficentes. Um veículo apreendido em posse de Renato será vendido, e os fundos arrecadados serão doados para uma organização social de Joinville que atende crianças com deficiências.

Notícias Relacionadas

SC em alerta: semana deve começar com chuva intensa e volumosa no Estado

São esperados volumes entre 100 a 130 mm no Oeste Catarinense, mas pode ultrapassar a marca de 150 mm de chuva em algumas localidades do Estado. Instabilidade deve permanecer ao longo da semana

Mulher é morta a facadas pelo namorado após discussão por ciúmes em Criciúma

Namorado confessou ter usado uma faca de cozinha para matar a vítima em Criciúma

Tigre entra em campo pressionado neste domingo

Pescadores capturam mais de 780 mil tainhas na modalidade arrasto de praia