Geral

Peça de teatro ensina educação financeira e sustentabilidade a estudantes de Lauro Müller

O projeto é realizado pelo Instituto Sicoob em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

Foto: Divulgação

Alunos de duas escolas da rede municipal de Lauro Müller saíram da rotina para aprender sobre educação financeira por meio de oficinas, brincadeiras e encenações teatrais. A iniciativa está sendo realizada nas Escolas Municipais Hilário Pescador, do Bairro Sumaré, e José Heleodoro Barreto Júnior, do Bairro Arizona. Alunos do 2º ao 9º ano participam das oficinas promovidas pela Turminha do Sulca.

O projeto é realizado pelo Instituto Sicoob em parceria com a Secretaria Municipal de Educação com o objetivo de ligar a arte do teatro com uma atividade educacional, proporcionando a criança uma experiência diferente da realidade que estão acostumadas.

A oficina é ministrada pela instrutora de teatro e produtora cultural, Diana Manenti, que aborda o tema educação financeira de forma lúdica, despertando o interesse das crianças. “O intuito é envolver os alunos e despertar o interesse deles pelo cuidado com o seu dinheiro, entender o valor que ele possui e como ele interfere no orçamento da sua família”, destacou.

A secretária de Educação, Heloisa Gonçalves Ribeiro Fontanella, disse que esse projeto vem em consonância com o mundo em que vivemos. “Vivemos em uma sociedade, onde somos atraídos diariamente por muitas propagandas que nos atraem, por isso precisamos trazer alternativas e mostrar que nem tudo que vimos precisamos comprar e sim adquirir somente o necessário para que nosso dinheiro possa nos trazer felicidade”, registrou Heloisa.

Colaboração: Comunicação Lauro Müller

Notícias Relacionadas

Educação monta força-tarefa para garantir que alunos de comunidades distantes recebam atividades impressas

O mesmo esforço para entregar as atividades impressas para alunos sem acesso à internet está sendo feito por vários gestores escolares e professores da rede estadual.

Balanço 2019: Educação chama 3 mil efetivos e investe em formação docente e manutenção de escolas

O secretário Natalino Uggioni destaca avanços como a aquisição de lousas digitais e computadores para todas as escolas estaduais

Atendimento aos estudantes com atividades não presenciais alcança 97% da rede estadual de ensino

O relatório da Diretoria de Ensino da SED indica que 522.325, dos 537.584 alunos matriculados na rede, estão acessando as atividades remotas de forma virtual ou com os materiais impressos.

Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual

Até o final de 2020, as atividades remotas continuam até o fechamento do calendário.