Geral

Pedágio do trecho Sul da BR-101 pode iniciar ainda em abril

Exigências preliminares à cobrança do pedágio estão todas cumpridas, aguardando inspeção e aprovação pela agência reguladora ANTT.

Divulgação

Nesta semana em que completa dois meses de operações com os serviços de atendimento emergencial ao usuário dos recém concedidos 220 quilômetros do trecho sul da BR-101, a CCR Via Costeira trabalha com a perspectiva de iniciar a cobrança de pedágio ainda neste mês.

Inicialmente a cobrança deveria ter iniciado em 1º de março, depois expectativa adiada para o dia 15 de março e por último sem uma data estimada anunciada pela empresa.

Ocorre que as exigências para o início da cobrança já foram todas atendidas. Falta a aprovação destas, a publicação do edital e consequente autorização de cobrança o que só se dá após o chamado período de “operação branca”, que é quando os motoristas são avisados nas praças de pedágio sobre a data início destas atividades.

Inicialmente o valor da tarifa básica deve ser de R$ 2,10. E para veículos comerciais (caminhões e ônibus) o valor cobrado depende do número de eixos, ou seja: a tarifa básica vezes o número de eixos.

A empresa informa que até o momento os investimentos já ultrapassaram a casa dos R$ 200 milhões em obras e serviços concluídos. No total, o projeto de concessão prevê um investimento em torno de R$ 7,4 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão.

Com informações do site HC Notícias

Notícias Relacionadas

PRF prende foragido do sistema penal do RS com CNH falsa em Tubarão, na BR-101

Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Federal de Criciúma.

Em audiência pública, municípios do Sul decidem ir à Justiça para reverter questão dos pedágios na BR-101

As três associações de municípios que serão impactados pela implantação das praças de pedágios no trecho Sul da BR-101 se reuniram na Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, em Tubarão

PRF apreende mais de seis quilos de cocaína após motorista fugir da fiscalização na BR-101, em Jaguaruna

A droga estava em um GM/Onix com placas de Criciúma, que não obedeceu a ordem de parada e fugiu em alta velocidade.

Senador garante R$ 40 milhões e obras da Serra da Rocinha não sofrem ameaça