Trânsito

Perseguição e autuações marcam fiscalização do “Com Nota Fiscal Vai Legal” em Orleans e Lauro Müller

O programa "Com Nota Fiscal Vai Legal", que fiscaliza mercadoria em transito, realizou operações hoje (12) pela manhã nos municípios de Lauro Müller e em Orleans, na SC–390 e SC–108, respectivamente.

Durante as abordagens, o motorista de um caminhão que transportava madeira, não obedeceu a ordem de parada dos fiscais resultado em uma perseguição por parte da Polícia Militar Rodoviária – PMRv do Guatá. O fato aconteceu próximo a comunidade do bairro São Jerônimo em Orleans.

Conforme os policiais, o motorista com o caminhão de Siderópolis foi abordado momentos depois, multado pela Receita Estadual por estar sem nota e, por não parar quando solicitado.

A PMRv, que acompanhou a fiscalização, ainda aplicou quatro multas. Sendo, uma por um caminhão bi-trem, trafegando em rodovia estadual; um por usar letreiro luminoso; uma por caminhoneiro que estava avisando da blitz aos demais motoristas por sinal de luz, além do caminhoneiro que não parou na fiscalização.

No total 45 veículos foram abordados, sendo que oito foram notificados pela fiscalização Estadual e mais oito receberam comunicação de verificação de transito e devem comparecer a AMREC para regularizar a situação.

Segundo o responsável pelo movimento econômico da AMREC, Ailson Piva, o transporte de mercadoria sem nota prejudica os municípios, já que impacta no retorno de ICMS.

A blitz contou com a presença de fiscais municipais, fiscais da fazenda estadual, técnicos dos AMREC e o apoio da policia Rodoviária Estadual.

RESUMO DA FISCALIZAÇÃO DE HOJE 12/05/2016 

 

Total de Veículos Abordados

45

Veículos com nota

29

Veículos notificados pelos fiscais estaduais / municipais

16

Percentual de veículos com mercadoria e sem nota

35,55 %

 

 HISTÓRICO DAS ÚLTIMAS VOLANTES

                      

MUNICÍPIO E DATA

Nº VEÍCULOS ABORDADOS

VEÍCULOS COM MERCADORIA E SEM NOTA (%)

25/08/2015 – Lauro Muller

102

28,30 %

08/09/2015 – Içara e Bal. Rincão

117

17,30 %

13/10/2015 – Cocal do Sul e Criciúma

108

14,29 %

01/12/2015 – Forquilhinha

43

24,00 %

15/01/2016 – Balneário Rincão

52

34,00 %

01/03/2016 – Siderópolis e Treviso

80

29,09 %

24/03/2016 – Nova Veneza

39

41,67 %

12/04/2016 – Urussanga

85

18,00 %

12/05/2016 – Lauro Muller e Orleans

45

35,55%

 

Colaboração: Antônio Rozeng – Assessor de Imprensa da Amrec

 

  • ae983c27e5ba57873151ed9b214678a3
  • 073f39198807711c989ce246ec891e32
  • 6702327dc657b0d4398e1b76faa819a8
  • f13aee89c3cf1c5cea3332d496a12d89
  • c7adae463afb768cc4df88f737e631b4
  • 73a9f1aa8ec542cffcfd890f282f363c