Geral

Pescadores capturam quatro toneladas de tainhota em Balneário Rincão

Pesca animou os profissionais que estavam preocupados com o resultado negativo das últimas safras.

Foto: Divulgação

Os pescadores do Balneário Rincão comemoraram a captura de quatro toneladas de Tainhota na manhã dessa quinta-feira, 24. A rede foi lançada às 6h20min e retirada logo após as 9h. No entanto, os bons lanços começaram na quarta-feira, 23, quando mais de duas toneladas de peixe foram retirados do mar. Para o presidente da Colônia Z-33, João Piccolo, a pesca animou os profissionais que já estavam preocupados pela safra ruim da Curvina e Anchova. O quilo do pescado é comercializado por aproximadamente R$ 7 nos estabelecimentos do município.

“Melhorou muito desde o ano passado, mas nós estávamos apreensivos porque muitos vivem apenas da pesca. Essa noticia foi boa para aliviar o lado financeiro dos pescadores. Eles precisam pagar as contas”, afirma.

A boa safra da Tainhota veio em boa hora para os pescadores que ainda não foram beneficiados com o Seguro Defeso. Conforme Piccolo, uma reunião entre a Secretaria de Estado de Agricultura e com o presidente da Federação de Pescadores foi realizada ainda em 2018, mas até o momento nenhum pescador foi beneficiado. “É uma garantia de renda aos pescadores. É o benefício para profissionais que ficam impossibilitados de trabalhar no período em que a pesca para fins comerciais é proibida devido à reprodução dos peixes”, explica.

Atualmente, 400 famílias vivem exclusivamente da renda da pesca em Balneário Rincão. A expectativa agora é pela safra da Tainha que inicia no mês de maio. “O mar está em boas condições. Mas estamos animados e com certeza teremos uma boa surpresa nesse mês”, destaca.

Com informações do site DNSul

Notícias Relacionadas

Pescadores fecham a ponte do Camacho, em Jaguaruna, por duas horas

Barra do Camacho: Edital de licitação para desassoreamento é lançado

A empresa selecionada deverá ser anunciada em até 50 dias.

Plano Safra beneficiará agricultores e pescadores de Santa Catarina

Em 2018, os pequenos produtores catarinenses acessaram R$ 3,2 bilhões em recursos do Plano Safra.

Retirada de muro revolta pescadores em Laguna

Uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal alega que a estrutura foi construída em Área de Preservação Permanente e em Área de Proteção Especial.