Poder Executivo

Pescadores garantem fartura na Festa da Tainha em Balneário Rincão

Clima entre os pescadores na orla marítima é de boas expectativas com a 22ª edição do evento, que será de 13 a 16 de julho.

Pescadores garantem fartura na Festa da Tainha em Balneário Rincão2 Pesca tainha

Foto: Robert Dias

Balneário Rincão já está no clima da Festa da Tainha, que chega à 22ª edição repleta de trações e shows nacionais. O evento, que ocorrerá de 13 a 16 de julho, coloca em foco a tainha e celebra a cultura, a história e a tradição ao homenagear também o pescador, protagonista do desenvolvimento do município litorâneo de pouco mais de 12 mil habitantes, segundo dados do IBGE.

Dona Albertina Alves do Nascimento, de 65 anos, e seu Manoel Alves, 66 anos, são pescadores do município. Eles residem na Zona Sul, onde possuem uma pequena peixaria no quintal de casa. É do mar que sai boa parte da renda da família e, por isso, eles passam o dia inteiro ao redor da orla. As mãos calejadas da rede de pesca fabricada por eles mesmos indicam que a atividade não é apenas a profissão, mas também a paixão do casal.

“Passamos a maior parte do nosso tempo juntos à beira-mar. A pesca é a nossa vida”, resume o casal, que está otimista em relação à 22ª edição da Festa da Tainha. “Nessa época, quando é realizada a Festa da Tainha no município, aumenta até mesmo a procura e a venda de peixe. As pessoas procuram mais e a cidade fica cheia de turistas, que também procuram por tainha, então é um momento onde aproveitamos para faturar um pouquinho”, conta seu Manoel, que está garantindo em média de 20 a 30 kg de peixe por dia no mar.

Pescadores garantem fartura na Festa da Tainha em Balneário Rincão2 Pesca tainha

Foto: Robert Dias

Fartura na mesa garantem os pescadores

“Não faltará tainha, podem vir que teremos peixe fresquinho servido à mesa”, conta seu Albano Chaves Rigotto, de 53 anos, também pescador de Balneário Rincão. Enquanto tirava a rede do mar, fazia planos para aumentar a renda da família. “Já tenho bastante encomenda. Muitos restaurantes já solicitaram muita tainha fresca e estamos providenciando”, conta narrando a empolgação entre os pescadores da orla.

A maior de todos os tempos

Pescadores garantem fartura na Festa da Tainha em Balneário Rincão2 Pesca tainha

Foto: Robert Dias

A empolgação com a Festa da Tainha vai além da orla e é grande também entre os organizadores. O evento é uma realização da Prefeitura em parceria com a Aspekto Comunicação e a Gálatas Mídias e Eventos, além da BS Produções Artísticas.

Segundo o presidente da Comissão Central Organizadora, Luiz Fernando Casagrande, a estrutura será a maior de todas as edições já realizadas. “Teremos espaço amplo para o comércio, as indústrias o artesanato, uma ampla praça gastronômica, shows culturais, artistas locais em evidência, enfim mostraremos o potencial econômico e turístico do Rincão nesta Festa que resgata a cultura e a história local”, afirma.

Segundo Edimilson Brás Carlos, secretário de Turismo, Cultura e Esporte, a partir do dia 13 de julho, o município se torna parada obrigatória para aqueles que apreciam um bom fruto do mar. Com Parque de Eventos aberto para a festa de quinta a domingo, a praça de alimentação tem espaço para 3,5 mil almoços ou jantas simultâneas. Além da tainha assada, cujo valor será acessível para atrair mais gente, outras variadas opções de restaurantes serão disponibilizadas.

1º lote de ingressos esgotando

Já estão chegando ao fim o primeiro lote de ingressos para os shows nacionais que movimentarão a festa. O show de abertura será na quinta-feira (13), com a banda Tchê Barbaridade, com entrada gratuita. O passaporte que dá direito a assistir aos três demais shows está sendo vendido no site www.minhaentrada.com.br por R$ 60 (1º lote na pista).

Os outros lugares especiais, camarote coletivo e vip, custam de R$ 140 a R$ 180. O público ainda tem a possibilidade de comprar o ingresso individual para assistir ao show de sua preferência. “ É uma festa com ampla diversidade cultural, com opções de shows nacionais, de atrações ligadas à cultura e à gastronomia”, explica Brás.

Colaboração: Saulo Pithan / Comunicação 22ª Festa do Peixe

Notícias Relacionadas

Patrocinadora oficial: Roluza conta com ingressos e looks para a Festa do Vinho

Comissão organizadora discute medidas de segurança para a Agromel, em Içara

Pescadores fecham a ponte do Camacho, em Jaguaruna, por duas horas

Terminal Pesqueiro de Laguna: recurso de R$ 1,5 milhão é anunciado para obras da fábrica de gelo