Geral

Petrobras anuncia alta de 39% no preço do gás natural para distribuidoras a partir de 1 de maio

Atualizações dos preços dos contratos são trimestrais e têm como referência meses anteriores.

Divulgação

A Petrobras informou que a partir de 1º de maio os preços de venda de gás natural para as distribuidoras terão aumento de 39% em reais com relação ao último trimestre.

A companhia destacou que a variação decorre da aplicação das fórmulas dos contratos de fornecimento, que vinculam o preço à cotação do petróleo e à taxa de câmbio.

As atualizações dos preços dos contratos são trimestrais – para os meses de maio, junho e julho, a referência são os preços dos meses de janeiro, fevereiro e março. Durante esse período, o petróleo teve uma alta de 38%, seguindo a tendência de alta das commodities mundiais.

“A Petrobras esclarece que o preço final do gás natural ao consumidor não é determinado apenas pelo preço de venda da companhia, mas também pelas margens das distribuidoras (e, no caso do GNV, dos postos de revenda) e pelos tributos federais e estaduais. Além disso, o processo de aprovação das tarifas é realizado pelas agências reguladoras estaduais, conforme legislação e regulação específicas”, informou a estatal em comunicado.

A Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) disse que o aumento será repassado ao consumidor sem que exista “qualquer ganho decorrente desse aumento”.

Isso porque em média 17% do preço do gás pago pelo consumidor chega às distribuidoras, correspondendo a investimentos em expansão de rede e remuneração pela prestação dos serviços. Outros 59% do valor equivale ao preço da molécula acrescido da tarifa de transporte, enquanto 24% são tributos federais e estaduais.

Com informações do site HC Notícias

Notícias Relacionadas

Administração Municipal de Orleans envia projeto de aumento aos servidores para votação na Câmara

Proposta do executivo é de aumento de 5,07% e mais 20% no vale-alimentação

Câmara pode votar marco regulatório de gás natural esta semana

Texto altera o regime de exploração de gasodutos no Brasil

Petrobras reduz novamente preços da gasolina e do diesel em refinarias

No acumulado do ano, preço da gasolina caiu 48,2% e o do diesel 35,4%

Retomada da economia: Estado registra aumento na arrecadação de julho

Entre os meses de março e junho, o Estado teve impacto negativo de 11,3% ao que era esperado para o período.