Segurança

PF investiga morador de SC que distribuía pornografia infantil na internet

Investigações começaram quando o homem disponibilizou fotos de crianças e adolescentes na internet

Divulgação

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (20) mandados de busca e apreensão em uma investigação de pornografia infantil na internet. O suspeito é morador de Itapema, Litoral Norte catarinense.

As investigações começaram em outubro de 2021, quando um homem de 35 anos disponibilizou na internet 47 fotos de crianças e adolescentes em cenas pornográficas. Os arquivos estavam disponíveis para baixar por usuários que tivessem o link.

A ação da PF busca comprovar o crime, e a investigação continua. No primeiro momento, o suspeito não foi preso.

Conforme previsto no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), quem oferecer, trocar, disponibilizar, possuir e armazenar cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente, responde por tais crimes e as penas somadas podem ultrapassar 10 anos de reclusão.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Comunidades de Treviso e Siderópolis serão beneficiadas com ampliação de internet fibra óptica

Em Treviso, moradores das localidades de São Victor, Vila Bonasa e Rio Manim serão contemplados. Já em Siderópolis, o investimento será em Rio Jordão Alto e Rio Jordão Baixo.

Projeto de lei em SC proíbe venda de empréstimos a idosos por telefone e internet

Objetivo do autor da proposta, delegado Ulisses Gabriel (PSD), é evitar golpes contra aposentados

Quase metade do planeta ainda não tem acesso à internet, aponta estudo

A informação é apresentada e discutida no relatório “Estado da Banda Larga 2019”, da Comissão de Banda Larga, grupo que reúne representantes de empresas e das Nações Unidas.

Catarinenses podem solicitar segunda via da carteira de identidade pela internet

A nova ferramenta foi desenvolvida pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) após solicitação do IGP.