Trânsito

Pintura de faixas requer atenção redobrada de motoristas na BR-101

Trabalhos acontecem no trecho de Paulo Lopes, Laguna e Passo de Torres, divisa com o Rio Grande do Sul. Homens a máquinas estarão na pista.

Foto: Muriel Albônico

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) tem a meta de finalizar a repintura de faixas de eixo central e bordos da BR-101 Sul, no segmento com aplicação a frio, nos próximos dias. Entre o km 245, em Paulo Lopes ao km 310, em Laguna, as pistas duplicadas recebem este tipo de material, que difere do restante do trecho quanto à preparação da cobertura.

A autarquia vem fazendo a revitalização da sinalização horizontal entre a Ponte Anita Garibaldi (km 316) até a ponte sobre o Rio Mampituba (km 465, divisa com o estado do Rio Grande do Sul) utilizando tinta termoplástica. Esta emulsão tem preparo com aquecimento em caldeira, com aplicação entre 180º a 200 graus Celsius. Já a tinta com aplicação a frio não passa por esse processo.

A escolha de cada tipo de tinta depende da quantidade de veículos em circulação em cada segmento da BR-101 Sul. A tinta termoplástica tem maior durabilidade e serve para trechos de pistas com maior circulação. Já o composto frio é aplicado em seções com menor circulação, com desgaste menor da pintura.

A tinta termoplástica tem maior durabilidade, pois apresenta maior aderência ao piso, desgastando lentamente. Para aplica-la é preciso equipamento com caldeira para aquecer e dispersar os elementos, antes da demarcação nas pistas. A refletância da sinalização horizontal com aplicação a quente se dá com a adição de microesferas de vidro na composição da tinta.

Programa BR Legal

A revitalização na sinalização horizontal da BR-101 Sul/SC está dentro do programa BR Legal, que atua no acréscimo e manutenção da sinalização rodoviária e instalação de elementos auxiliares. O programa vem sendo realizado desde 2012, com 3,9 bilhões de reais em investimentos e atendendo 55 mil quilômetros de estradas federais, nos 26 estados e no Distrito Federal.

A Confederação Nacional do Transporte (CNT) informou por pesquisa divulgada em 2015, que o programa conseguiu melhorar nos dois primeiros anos de trabalhos a classificação de rodovias tidas como regular, ruim e péssima, passando de 77,1% em 2013 para 55,9% em 2015. A extensão classificada como boa e ótima passou mudou de 22,9% para 44,9 % no mesmo período.

Colaboração: Muriel Albônico – DNIT SC

Notícias Relacionadas

Casa de Repouso Bom Jesus inaugura oficina recreativa, em Criciúma

PRF flagra caminhão com seis metros de carga para fora da carroceria na BR-101 em Maracajá

O M.Benz, com placas de Criciúma, transportava toras de madeira até Araranguá.

Condutor é preso após tentar atropelar um policial federal rodoviário na BR-101, em Biguaçu

O homem de 24 anos estava com um com um veículo roubado. A ocorrência foi registrada na manhã do último sábado (13).

Senador garante R$ 40 milhões e obras da Serra da Rocinha não sofrem ameaça