Geral

Piso nacional será pago aos professores da Rede Municipal de Ensino de Imbituba

A partir de maio, quem tem o salário base abaixo do piso nacional, ou seja, menor que R$ 2.557,74, terá a adequação salarial.

foto: Divulgação

Os professores da Rede Municipal de Ensino de Imbituba, que há décadas lutavam pela incorporação do piso nacional à categoria, tiveram o pleito atendido na tarde desta sexta-feira (29). O comunicado foi feito pelo prefeito, Rosenvaldo da Silva Júnior, em uma reunião com os representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

A partir de maio, quem tem o salário base abaixo do piso nacional, ou seja, menor que R$ 2.557,74, terá a adequação salarial.

“Tivemos várias reuniões e debatemos muito sobre o assunto. Graças a Deus, agora, deu tudo certo e tivemos o pleito atendido. Será um incremento muito importante para quem não ganha o piso nacional. Com certeza, todos que estavam aqui na reunião saíram satisfeitos”, disse Luiz Paulo dos Passos, Presidente Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Imbituba.

Para o prefeito, Rosenvaldo da Silva Júnior, o reajuste aos professores que ganham abaixo do piso nacional é um avanço muito grande para a categoria. “A gente não consegue, nesse momento, fazer com que o aumento seja para todos os professores, mas, pelo menos, a gente cumpre o compromisso e faz justiça com aqueles que ganham menos“, enfatizou o prefeito.

Para quem ganha abaixo do piso nacional da categoria, o município fará uma complementação salarial. Para isso, será encaminhando um Projeto de Lei (PL) à Câmara de Vereadores, para que os professores recebam o piso nacional, inclusive, retroativo ao mês de março.

Na reunião, foi garantido também que, anualmente, quando houver o reajuste nacional, automaticamente, a reposição será incorporada ao salário dos professores de Imbituba.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Imbituba

Notícias Relacionadas

IFSC e Gered abrem curso de formação para professores da rede estadual em Criciúma

Carreta Odontosesc realizará três mil consultas em dois meses

A carreta Odontosesc funcionará até o dia 20 de junho, de segunda à sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

Secretaria de Educação de SC abre concurso para mil vagas

Cargos são de professor, orientador educacional, administrador escolar, supervisor escolar e assistente de educação.

Apresentações de dança e teatro marcam retorno às aulas no Centro Educacional Meta

Instituição de ensino de Orleans intensificará projetos envolvendo a comunidade e alunos durante o ano. Mais de 200 estudantes do Ensino Infantil ao Médio reiniciaram as aulas nesta segunda-feira (18).