Geral

Piso nacional será pago aos professores da Rede Municipal de Ensino de Imbituba

A partir de maio, quem tem o salário base abaixo do piso nacional, ou seja, menor que R$ 2.557,74, terá a adequação salarial.

foto: Divulgação

Os professores da Rede Municipal de Ensino de Imbituba, que há décadas lutavam pela incorporação do piso nacional à categoria, tiveram o pleito atendido na tarde desta sexta-feira (29). O comunicado foi feito pelo prefeito, Rosenvaldo da Silva Júnior, em uma reunião com os representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

A partir de maio, quem tem o salário base abaixo do piso nacional, ou seja, menor que R$ 2.557,74, terá a adequação salarial.

“Tivemos várias reuniões e debatemos muito sobre o assunto. Graças a Deus, agora, deu tudo certo e tivemos o pleito atendido. Será um incremento muito importante para quem não ganha o piso nacional. Com certeza, todos que estavam aqui na reunião saíram satisfeitos”, disse Luiz Paulo dos Passos, Presidente Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Imbituba.

Para o prefeito, Rosenvaldo da Silva Júnior, o reajuste aos professores que ganham abaixo do piso nacional é um avanço muito grande para a categoria. “A gente não consegue, nesse momento, fazer com que o aumento seja para todos os professores, mas, pelo menos, a gente cumpre o compromisso e faz justiça com aqueles que ganham menos“, enfatizou o prefeito.

Para quem ganha abaixo do piso nacional da categoria, o município fará uma complementação salarial. Para isso, será encaminhando um Projeto de Lei (PL) à Câmara de Vereadores, para que os professores recebam o piso nacional, inclusive, retroativo ao mês de março.

Na reunião, foi garantido também que, anualmente, quando houver o reajuste nacional, automaticamente, a reposição será incorporada ao salário dos professores de Imbituba.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Imbituba

Notícias Relacionadas

Ciência é 10: IFSC oferece especialização gratuita para professores de Ciências do ensino fundamental

As inscrições estão abertas e vão até o dia 21 de outubro.

IFSC e Gered abrem curso de formação para professores da rede estadual em Criciúma

Secretaria de Educação de SC abre concurso para mil vagas

Cargos são de professor, orientador educacional, administrador escolar, supervisor escolar e assistente de educação.

Professores classificados no concurso público devem se apresentar terça-feira em Forquilhinha

A escolha de vagas dos aprovados acontece às 8h30 na Casa Mãe Helena.