Geral

Pizzaria é interditada na Praia do Rosa após promover ‘balada’ com mais de 200 pessoas

Estabelecimento em uma as praias mais conhecidas de Santa Catarina, em Imbituba, foi interditado pela prefeitura no fim de semana por descumprir regras de combate ao coronavírus

Divulgação

Uma pizzaria foi interditada na Praia da Rosa em Imbituba, no Litoral Sul de Santa Catarina, após promover uma festa com mais de 200 pessoas no fim de semana. A interdição ocorreu na tarde de domingo (20) após os fiscais analisarem imagens da noite de sábado (19) do evento, que segundo a prefeitura, foi uma “balada”.

“Os proprietários do local alegaram que se tratava de uma festa de aniversário. Mas, as pulseiras dos frequentadores, espalhadas por toda parte, mostravam que o evento havia sido realizado na noite anterior”, informou a prefeitura em uma publicação no site oficial.

Em Santa Catarina, eventos com aglomerações são proibidos em regiões em situação gravíssima por causa do coronavírus. Há também um decreto que restringe a circulação de pessoas entre as 23h e 5h.

Na tarde de domingo, quando foi ao local para a interdição, os fiscais encontraram muitas garrafas, copos e latas dentro e fora do estabelecimento. A pizzaria foi interditada por 72 horas.

Segundo a prefeitura, em caso de reincidência, o alvará é cassado e o local é interditado por tempo indeterminado. Uma multa, no valor de R$ 4,2 mil, também só será aplicada em caso de reincidência.

Imbituba está entre as 15 de 16 regiões de saúde de Santa Catarina em nível gravíssimo de transmissão do coronavírus. São 2.781 casos confirmados na cidade e 17 mortes.

Em todo estado são mais de 461 mil diagnosticados com a Covid-19, sendo que 4.706 mortes pessoas morreram em decorrência da doença, segundo boletim estadual divulgado na tarde de domingo (20).

A Praia do Rosa é um dos locais mais procurados por turistas em Santa Catarina. Nos feriadões de outubro e novembro houve registro de aglomerações em estabelecimentos e até na praia. Permanecer em praias em Santa Catarina é proibido.

A prefeitura prometeu intensificar a fiscalização durante a temporada de verão para garantir que as normas sanitárias sejam cumpridas.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas

As ações terão apoio dos Procons, da Polícia Federal e Receita Federal

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 17 milhões

Dezenas sorteadas foram 09, 18, 23, 42, 47 e 49

Capotamento é registrado em Tubarão

De acordo com o Corpo de Bombeiros as viaturas ABTR-109 e ASU-450 que também contaram com apoio da VTR do Samu

Coronavírus em SC: Estado confirma 540.342 casos, 512.952 recuperados e 5.867 mortes por Covid-19