Norte

PM é morto a tiros dentro de motel em Joinville; suspeito é outro policial

Homem teria flagrado a companheira, também da corporação, com a vítima no local.

PM é morto a tiros dentro de motel em Joinville; suspeito é outro policial

Foto: Cinthia Raasch/RBS TV

O policial militar suspeito de ter atirado em um colega da corporação em um motel em Joinville, no Norte catarinense, deve ir a uma audiência de custódia em Florianópolis. Segundo a PM, como o caso envolve três policiais, a investigação será feita apenas pela corporação, como mostrou o Jornal do Almoço.

O caso ocorreu na noite de terça-feira (1) no Distrito de Pirabeiraba. Segundo a PM, o suspeito do crime disparou na cabeça do colega de batalhão. A vítima estaria no motel com uma policial, que estaria se separando do autor do disparo. O policial foi preso em flagrante.

O comandante do 8ºBPM, tenente-coronel Jofrey Santos Silva, informou que toda a investigação do crime será feita pela PM. “As apurações, a materialidade a respeito do crime, levar a informação ao judiciário, isso se dá através de um processo feito pela Polícia Militar, por um oficial da PM de Santa Catarina”, disse Silva.

Ainda de acordo com a corporação, consta na Constituição Federal e no Código Penal Militar que homicídio entre integrantes da PM devem ser julgados pela Justiça Militar.

Mulher sofreu agressão

Ainda segundo a PM, a mulher chegou a ser agredida pelo ex no motel, mas passa bem. Os três policiais militares eram lotados na PM de Garuva, no Norte catarinense.

Segundo a PM, o homem pode responder por homicídio doloso, com intenção.

Com informações do site G1 SC

Notícias Relacionadas

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

Morador de Lauro Müller é baleado durante assalto a ônibus de comerciantes na BR-101; Veja vídeos

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara