Saúde

PM ferido após ter a arma roubada em Imbituba está em estado grave

Soldado Richard vai passar por procedimento cirúrgico na tarde desta sexta-feira (24)

Divulgação

O soldado Richard Ribeiro Castro, de Imbituba, no Sul catarinense, passará por um novo procedimento cirúrgico na tarde desta sexta-feira (24) no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão. O policial foi atingido depois de ter a arma roubada durante uma ocorrência de pertubação de sossego.

Apesar de estável, a situação do PM é grave e ele segue sedado, intubado e tomando remédios para manter a pressão. Ele foi atingido no pâncreas e no pulmão e já passou por uma cirurgia de emergência na madrugada de quarta-feira (22).

Richard tem 37 anos e trabalha há 13 anos na Polícia Militar. O amigo e colega de profissão, Lucas Espezim, conta que o soldado sempre foi um policial exemplar.

— É um cara tranquilo, sempre correto, justo e com um coração enorme. Tem 13 anos de polícia e nunca teve nenhum problema, é um policial exemplar — conta.

Amigos fazem uma corrente e pedem por orações nas redes sociais para que o soldado se recupere. Richard é casado e tem um filho de um ano de idade.

O crime

Na noite de quarta-feira (22) um homem arrancou a arma de um policial e atirou contra o PM, em Imbituba, no Sul catarinense. Segundo a polícia, ele morreu depois de também ser atingido por disparos do colega que acompanhava o soldado ferido.

A polícia foi a uma casa no bairro Penhinha após ser acionada pelo 190 para atender uma ocorrência de perturbação. Ao chegar ao local, segundo a PM, o homem estava bastante alterado e atacou os policiais. Neste momento, ele conseguiu pegar a arma do soldado e efetuou disparos contra o policial. Depois de ser internado no hospital de Imbituba, o policial foi transferido para Tubarão.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Homem é assassinado na beira da praia, em Balneário Gaivota

Até o momento não há informações sobre idade e identidade da vítima

Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta 14 regiões no nível alto e três no moderado

As regiões em risco alto são Carbonífera, Extremo Oeste, Extremo Sul Catarinense, Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis, Laguna, Médio Vale do Itajaí, Meio Oeste, Nordeste, Oeste, Planalto Norte, Serra Catarinsnse, Vale do Itapocu e Xanxerê

Garçons salvam banhista de afogamento em praia de Balneário Camboriú

Socorristas chegaram na sequência e continuaram protocolo de reanimação, que funcionou

Carro vai parar dentro do rio em SC minutos após sair de oficina

Apesar do prejuízo, ninguém ficou ferido com gravidade