Geral

Polícia Civil apreende 32 aves nativas silvestres em residência, em Tubarão

O suspeito responderá pelo crime de guarda ilegal de aves silvestres.

Divulgação

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Crimes Ambientais de Tubarão, deflagrou operação policial com intuito de apurar diversas denúncias recebidas acerca de uma possível manutenção ilegal de aves silvestres em cativeiro.

Na tarde desta quinta-feira, 30, os policiais civis deslocaram-se até uma residência localizada no bairro São João e lograram êxito em apreender 32 espécies da avifauna nativa silvestre brasileira que encontravam-se ilegais no local.

O suspeito não se encontrava na residência e responderá pelo crime de guarda ilegal de aves silvestres.

Com informações do site HC Notícias

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Polícia Civil indicia e prende homem suspeito de realizar dois roubos armados em Criciúma

Os crimes investigados ocorreram no fim de janeiro deste ano, ambos no bairro Jardim Maristela

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio