Segurança

Polícia Civil apreende quase 400 quilos de maconha em Araranguá

DIC trabalhará para apontar os possíveis envolvidos e para onde a droga seria distribuída.

Foto: Divulgação

Uma operação conjunta entre as Divisões de Investigação Criminal – DICs de Araranguá e Criciúma, junto da 2ª Delegacia de Polícia (DP) de Criciúma, apreendeu, na manhã desta sexta-feira (11), cerca de 400 quilos de maconha às margens do Rio Araranguá. O trabalho iniciou depois que denúncias foram feitas à polícia em Criciúma.

De acordo com o delegado responsável pela Central de Plantão Policial da Cidade das Avenidas, Jair Duarte, os agentes prontamente realizaram a ação nas proximidades da localidade de Ilhas, onde a balsa cruza o rio. Um trabalho de inteligência foi montado e encontrou dezenas de tabletes de maconha.

Conforme Duarte, parte da droga foi encontrada dentro do rio, o que, segundo ele, deve ter acontecido devido ao temporal registrado na noite de quinta-feira. “Nós encaminhamos os tabletes até uma mecânica próxima da Delegacia para ser pesada. A apreensão foi de quase 400 quilos. A constatação foi feita pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) e a droga deve ser incinerada”, esclarece.

DIC de Araranguá continua investigação

Ninguém foi preso durante a apreensão. A DIC de Araranguá trabalhará para apontar os possíveis envolvidos e para onde a droga seria distribuída. Esta é a segunda grande apreensão na cidade. No fim de dezembro, a Polícia Civil comandada pelo delegado Vitor Bianco Junior apreendeu quase duas toneladas de maconha, depois de um intenso trabalho de investigação.

Com informações do Portal DN Sul

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.