Segurança

Polícia Civil conclui que suspeito matou senhora a marteladas em Lauro Müller

Crime aconteceu em setembro do ano passado, na comunidade de Barro Branco. Vítima foi encontrada morta pela vizinha em um dos quartos da casa.

Foto: Arquivo Pessoal/Facebook

Para a Polícia Civil de Lauro Müller, o homem de 31 anos acusado pela morte da senhora Terezinha Maria da Conceição da Silva, de fato é o responsável pelo crime. A senhora de 57 anos foi morta em sua casa na comunidade de Barro Branco, em setembro do ano passado.

Terezinha já estava sem vida quando foi encontrada por uma vizinha e identificada 22 perfurações pelo corpo. Inicialmente, os ferimentos teriam sido ocasionados por faca, mas com o fim das investigações, ficou confirmado que ela foi atingida por golpes de martelo.

Ainda segundo o inquérito da Polícia Civil, a moradora teve o dinheiro, que estava em sua bolsa, levado pelo criminoso. Com a conclusão das investigações, foi solicitada a prisão do acusado e cumprida na última sexta-feira (23).

O homem de 31 anos retornou ao Presídio Santa Augusta pela segunda vez, já que no mesmo mês do crime, ele teria sido preso preventivamente em casa no bairro Rio Bonito.

Relembre o caso

Terezinha foi encontrada morta por uma vizinha com perfurações de faca na cabeça, peito e pescoço na tarde de domingo (10). Em relato aos policiais, a testemunha afirmou que chamou a vítima para um passeio e não foi atendida. Ao se aproximar da residência encontrou a porta arrombada e a sua amiga morta no chão em um dos quartos. Os policiais averiguaram o local, confirmando o arrombamento e a falta da bolsa da vítima.

Ainda segundo depoimentos de vizinhos à Polícia Civil, a idosa teria frequentado um baile na noite anterior e mostrava aos amigos uma quantia em dinheiro referente ao pagamento de benefício. No decorrer da festa, a idosa teria sido levada até a sua residência por três homens.

  • filecontent (1)
  • filecontent
  • filecontent (2)

 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça nega liberdade para homem acusado de usar até boneca vodu para aterrorizar sua ex

O homem desrespeitou as medidas protetivas concedidas anteriormente em favor da ex-companheira

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio