Segurança

Polícia Civil de Orleans identifica e indicia homem que destruiu a placa da comunidade Ponte Preta

O indiciado, uma vez condenado, será apenado com detenção de até três anos e multa, além da obrigação de reparar o erário

Divulgação

A Delegacia da Comarca de Orleans concluiu o inquérito que o crime de dano qualificado após a destruição da placa existente na cabeceira da Ponta Preta, no dia 9 de maio.

O responsável foi identificado através de diligências do Setor de Investigação da Polícia Civil de Orleans, análise de imagens de câmeras de segurança e oitiva de testemunhas. Em interrogatório, ele negou a prática.

O crime foi motivado pela ingestão de bebida alcoólica e discordância com a obra. Não houve motivação política e, tampouco, ação coordenada de adversários políticos da Administração Municipal. O prejuízo aos cofres públicos foi comprovado por laudo pericial.

O indiciado, uma vez condenado, será apenado com detenção de até três anos e multa, além da obrigação de reparar o prejuízo.

Notícias Relacionadas

Trio envolvido em receptação é identificado e dois aparelhos celulares roubados a mão armada são recuperados em Criciúma

A ação policial foi desencadeada pela Divisão de Investigação Criminal de Criciúma (DIC), da Polícia Civil

Interligação de rede de água pode afetar abastecimento em municípios do Extremo Sul do Estado

A Casan orienta ao consumo racional de água.

Rodovias, ferrovias e portos: como a logística, apesar dos desafios, impulsiona a economia de SC

Entidades defendem a aprimoramento e otimização das estruturas de transportes no estado. Setor produtivo estima necessidade de R$ 20,3 bilhões até 2027.

Gaúcha é internada em estado grave após cair de bicicleta e bater cabeça em curva de estrada em SC

Acidente aconteceu quando a mulher caiu em uma curva e bateu a cabeça. Vítima foi levada para o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages.