Segurança

Polícia Civil de Orleans identifica e indicia homem que destruiu a placa da comunidade Ponte Preta

O indiciado, uma vez condenado, será apenado com detenção de até três anos e multa, além da obrigação de reparar o erário

Divulgação

A Delegacia da Comarca de Orleans concluiu o inquérito que o crime de dano qualificado após a destruição da placa existente na cabeceira da Ponta Preta, no dia 9 de maio.

O responsável foi identificado através de diligências do Setor de Investigação da Polícia Civil de Orleans, análise de imagens de câmeras de segurança e oitiva de testemunhas. Em interrogatório, ele negou a prática.

O crime foi motivado pela ingestão de bebida alcoólica e discordância com a obra. Não houve motivação política e, tampouco, ação coordenada de adversários políticos da Administração Municipal. O prejuízo aos cofres públicos foi comprovado por laudo pericial.

O indiciado, uma vez condenado, será apenado com detenção de até três anos e multa, além da obrigação de reparar o prejuízo.

Notícias Relacionadas

Greve de caminhoneiros tem apoio de 48% da categoria em SC

Santa Catarina é um dos Estados que mais apresenta "resistência" à greve, aponta pesquisa que ouviu mais de 2 mil caminhoneiros em todo o Brasil

São Ludgero antecipa para amanhã (26) a segunda dose da vacina contra Covid-19

A Sala de Vacinas funciona na ESF Margem Esquerda das 7 às 16 horas sem fechar ao meio-dia

Epagri amplia monitoramento do vento junto ao Porto de Imbituba

Ele explicou que a estação anemométrica foi instalada, a pedido do Porto, numa posição estratégica junto ao cais

Equipe de Obras de São Ludgero segue com os trabalhos para pavimentar mais 500 metros da Rua Augusto Becker

A extensão vai da rua Joinville até em frente a empresa Biamplast (apenas referência)