Segurança

Polícia Civil de Orleans identifica e indicia homem que destruiu a placa da comunidade Ponte Preta

O indiciado, uma vez condenado, será apenado com detenção de até três anos e multa, além da obrigação de reparar o erário

Divulgação

A Delegacia da Comarca de Orleans concluiu o inquérito que o crime de dano qualificado após a destruição da placa existente na cabeceira da Ponta Preta, no dia 9 de maio.

O responsável foi identificado através de diligências do Setor de Investigação da Polícia Civil de Orleans, análise de imagens de câmeras de segurança e oitiva de testemunhas. Em interrogatório, ele negou a prática.

O crime foi motivado pela ingestão de bebida alcoólica e discordância com a obra. Não houve motivação política e, tampouco, ação coordenada de adversários políticos da Administração Municipal. O prejuízo aos cofres públicos foi comprovado por laudo pericial.

O indiciado, uma vez condenado, será apenado com detenção de até três anos e multa, além da obrigação de reparar o prejuízo.

Notícias Relacionadas

Governo de Criciúma lança programa Educação Empreendedora nas escolas

Projeto foi apresentado nesta quarta-feira no Teatro Elias Angeloni

Librelato é finalista no Prêmio AutoData 2021

A Librelato chega pela sexta vez como finalista ao Prêmio Autodata por suas inovações no setor de implementos.

Governador garante investimento de R$ 12 milhões para asfaltamento de rodovia em Jaguaruna

A estrada tem quase 8 km e faz a conexão com as comunidades de Jabuticabeira e Congonhas, além de garantir um acesso secundário a Tubarão.

Covid: Fila por UTI em SC é a menor desde o início de junho

Segundo o último boletim, entre os 27 pedidos, a maior parte está na região Sul (12).