Segurança

Polícia Civil de Orleans investiga pedofilia e apreende celulares

Busca e apreensão foram cumpridos na tarde desta terça-feira (12)

Divulgação

A Delegacia de Polícia Civil de Orleans em conjunto com a Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (DIPC) investigam um caso de pedofilia na cidade. Os policiais constataram que um IP (Protocolo de Internet) vinculado a um servidor que atendia Orleans baixou arquivos de pornografia infantil, com fotos e vídeos de crianças em cenas pornográficas.

Com isso, a Polícia Civil de Orleans, com apoio do Instituto Geral de Perícias cumpriram um mandado de busca e apreensão na tarde desta terça-feira (12) em uma casa do município. Foram apreendidos dois celulares que serão analisados por uma perícia.

Os policiais localizaram a casa através da identificação do titular do IP. Os dados cadastrais estão em nome da titular G. T. V., que é casada com D. de S.

Foi instaurado um inquérito policial para apurar os fatos. O Artigo 241-B do Estatuto da Criança e Adolescente prevê que “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente” é crime. A pena prevista é de reclusão de um a quatro anos e multa.

Notícias Relacionadas

Chegada do Papai Noel marca a abertura do Natal de Siderópolis

O evento contou com acender das luzes, atrações culturais e a chegada do Papai Noel fizeram a alegria das crianças e adultos que prestigiaram o evento.

Assaltantes armados roubam veículo em Lauro Müller

O roubo ocorreu por volta das 12h30 desta segunda-feira (9) no Centro de Lauro Müller.

Estimativa para inflação sobe para 3,84% este ano

Mercado mudou projeção depois do anúncio do IPCA

Veranistas ganham “IPTU extra” em Jaguaruna

Situação é enfrentada por quem têm imóveis nos balneários da cidade. Motivo é o recadastramento feito pela Prefeitura.