Geral

Polícia Civil de SC formará 172 novos policiais amanhã

A solenidade de formatura será conduzida pela mestre de cerimônia e escrivã de polícia, Taize Pizoni de Souza, sob a coordenação da escrivã de polícia Adriana Duarte Silva.

Divulgação

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Academia de Polícia Civil (Acadepol), formará 172 policiais civis na próxima quarta-feira (8). A solenidade está marcada para acontecer às 17h, no Teatro Pedro Ivo Campos, em Florianópolis.

Visando manter as regras sanitárias, em virtude da pandemia, excepcionalmente, os familiares dos formandos não poderão estar presentes no evento, que será transmitido ao vivo, possibilitando que possa ser acompanhado de forma virtual.

No total, com a formatura da próxima quarta-feira, o efetivo da Polícia Civil será acrescido de 95 agentes e 77 escrivães de Polícia Civil. Além de terem concluído o curso de formação policial, pela primeira vez na história da instituição, todos os alunos sairão da Acadepol pós-graduados em Ciências Policiais e Investigação Criminal.

A solenidade de formatura será conduzida pela mestre de cerimônia e escrivã de polícia, Taize Pizoni de Souza, sob a coordenação da escrivã de polícia Adriana Duarte Silva.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.