Segurança

Polícia Civil instaura novo inquérito contra vereador de Urussanga

O vereador foi indiciado por extravio de documento público

Divulgação

Na tarde desta quinta-feira, 10, após requisição do Ministério Público e informações contidas em inquérito policial onde o vereador foi indiciado por extravio de documento público, coação no curso do processo e crime ambiental, foi instaurado no inquérito policial para apurar crime de peculato desvio.

Em 2019, na condição de Secretário da Agricultura, mesmo sabendo que era ilegal, intermediou o envio de areão para possível eleitor, sem cumprir as regras da Lei da Porteira Aberta, onde é necessário o pagamento de uma quantia para que serviços sejam feitos pela Secretaria da Agricultura do Município dentro da propriedade do contribuinte.

O vereador já havia sido indiciado também por peculato culposo, fraude processual, posse irregular de arma do fogo, peculato desvio, advocacia administrativa e desobediência.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

Homem morre atropelado ao tentar atravessar BR-101 no Sul de SC

Acidente foi registrado na noite dessa terça-feira (11), em Içara

Curso de Cerâmica Artística da Satc está com matrículas abertas

Indicado para pessoas que desejam empreender, aulas envolvem desde a preparação da argila até esmaltação e queima

Retratação ao Criciúma Esporte Clube

Nevoeiro ‘engole’ Santa Catarina e termômetros podem chegar a marcar 32°C

O portal ND Mais conversou com o meteorologista Piter Scheuer, que contou quais as motivações de SC ter amanhecido com a presença de nevoeiros em todas as regiões