Segurança

Polícia Civil prende envolvidos em assassinato em Criciúma

Vítima de 43 anos foi agredida pelos autores com diversos golpes de socos e chutes.

Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Santa Catarina, pela Divisão de Investigação Criminal de Criciúma (DIC), concluiu investigação de latrocínio ocorrido em 12 de janeiro, no bairro Santo Antônio, que vitimou Wilson Aguiar de Souza (43 anos). Foram identificados três suspeitos da execução do grave crime, sendo dois adultos (22 e 44 anos) e um adolescente (17 anos).

Prisões realizadas

A investigação policial identificou todos os autores e realizou a prisão dos maiores envolvidos. Foram presos preventivamente. Em operação reservada noturna, a Divisão de Repressão a Roubos (DRR/DIC) capturou um dos investigados na região central. A outra prisão foi realizada nesta data. O adolescente envolvido está identificado. A análise de sua conduta será realizada pela DPCAMI de Criciúma e submetida à Promotoria especializada.

O crime ocorreu de madrugada, nas proximidades da Avenida Centenário. O trabalho investigativo apontou que a vítima estacionou o carro na região. Logo depois, três autores anunciaram o roubo com intenção de subtrair o veículo e demais pertences. Para consumar o roubo, a vítima foi agredida pelos autores com diversos golpes de socos e chutes. Os autores fugiram com o carro, deixando a vítima ainda com vida no local. A morte ocorreu em seguida, decorrente das lesões sofridas. Os investigados foram indiciados pelo roubo seguido de morte e corrupção de menores. Este é o único caso de latrocínio este ano na cidade de Criciúma.

Alta resolução de latrocínios

Nos últimos dois anos, além deste, foram registrados outros dois latrocínios em Criciúma. Em setembro de 2017, no caso do vigilante do Paço Municipal, todos os autores (4 adultos e 2 adolescentes) foram identificados e os adultos presos e condenados. Em janeiro de 2018, foi registrado um latrocínio no bairro Recanto Verde. A totalidade dos autores foi identificada (5 adultos e 1 adolescente), sendo realizadas todas as prisões e posterior condenações.

No saldo total, em três latrocínios nos últimos dois anos, houve resolução em todos os casos, com identificação de 15 autores envolvidos. Todos os adultos indiciados foram presos após investigações e operações da Polícia Civil. A integralidade dos processos findados culminou com condenação dos réus, sendo sentenciados a penas oscilando entre 20 e 30 anos de reclusão.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Prefeitura realiza doação de terrenos para empresas e fomenta geração de empregos em Criciúma

Localizadas no Loteamento Industrial Vila Natureza, áreas foram destinadas para duas empresas. Objetivo é a geração de empregos e renda às famílias

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara