Segurança

Polícia Civil prende homem por tentativa de feminicídio em Criciúma

Por não aceitar o término do relacionamento, o homem invadiu a residência da mãe da ex-mulher e desferiu golpes de faca em seu rosto, com a intenção de matá-la

Giroflex PM foto noturna

Divulgação

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça contra um homem de 35 anos, na Linha Ronco D’Água, em Içara. Ele foi preso por tentativa de feminicídio contra a ex-companheira, ocorrida no bairro São João, em Criciúma.

A prisão ocorreu na sexta-feira (5), pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Criciúma. Por não aceitar o término do relacionamento, o homem invadiu a residência da mãe da ex-mulher e desferiu golpes de faca em seu rosto, com a intenção de matá-la.

A faca se quebrou, razão pela qual o agressor fugiu. Na manhã do dia 1º, após vigília, o homem aguardou a sogra deixar a casa e retornou à residência, arrombando a porta dos fundos. Entrou com um canivete e investiu novamente contra a vítima, acertando-lhe uma facada no peito. A vítima acabou sendo salva pelo filho.

Para se desvencilhar do filho, o homem o feriu com uma mordida e com um golpe de canivete e fugiu. As vítimas foram atendidas e ouvidas em depoimento especial e depois a abrigo fornecido pelo Município diante do risco de que o homem voltasse à casa e consumasse o crime.

Em interrogatório, o preso confessou o crime. Ele foi encaminhado ao Presídio Santa Augusta. O inquérito policial aguarda os laudos do IML e será encaminhado à Justiça.

Com informações do Notisul

Notícias Relacionadas

Covid-19: pessoas já infectadas devem esperar um mês antes de vacinar

Recomendação é de médicos infectologista.

Nova lei de trânsito entra em vigor nesta segunda-feira

Mudanças incluem aumento de validade e do limite de pontos na CNH.

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 33 milhões

Foram sorteadas as dezenas 14, 21, 22, 29, 35 e 46.

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em março

Benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375.