Segurança

Polícia encontra bebê morto em sacola após mãe ir a hospital de SC

Profissionais do hospital acionaram a polícia após mulher entrar com a placenta em uma sacola pedindo atendimento depois de perder o filho

Foto: Divulgação

A Polícia Civil encontrou um bebê morto dentro de uma sacola em uma mata no município de Rio do Oeste, no Alto Vale, após a mãe procurar atendimento em hospital na última sexta-feira (24).

De acordo com o delegado Daniel Zucon, os profissionais do Hospital Regional de Rio do Sul acionaram a Polícia Civil após uma mulher entrar no hospital com a placenta em uma sacola.

“Os profissionais suspeitaram de aborto e acionaram a polícia. Em seguida, começamos a apurar o que de fato aconteceu. No início, ela não revelou e apenas falava que tinha perdido o bebê. Depois de algumas horas, ela contou onde teria deixado”, conta Zucon.

Em seguida, a Polícia Civil e a Polícia Científica foram até uma mata próxima à residência na qual a mulher morava e encontraram o recém-nascido envolto em um pano com uma sacola plástica.

Em um primeiro momento, a mulher foi presa em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver, mas aguarda em liberdade. Um inquérito já foi instaurado para apurar o caso.

“Depende das investigações apontarem a situação. Se ele [bebê] nasceu vivo ou se ela tirou a vida dele depois do nascimento. Assim como descobrir se pode configurar pelo crime de aborto, homicídio, infanticídio ou abandono de recém-nascido resultado em morte”, explica o delegado.

Agora, a Polícia Civil aguarda os laudos periciais, exame cadavérico e da placenta para seguir com a investigação.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Em Laguna, governador autoriza emissário terrestre para a praia do Mar Grosso e libera recursos para hospital

A projeção da Casan é que o empreendimento fique pronto em janeiro de 2020. O emissário é uma rede de 2.718 metros de extensão e diâmetro de 315 milímetros, com tubos de polietileno.

Criança de dois anos com parafuso cravado na cabeça é atendida no Hospital de Lauro Müller

A Polícia Militar e o Conselho Tutelar foram chamados para averiguar lesão corporal em uma criança de dois anos neste domingo (2)

Um super Arraiá é promovido para crianças da oncologia pediátrica no Hospital São José em Criciúma

A tarde especial teve equipe e pacientes vestidos a caráter, pescaria, comidas típicas deliciosas, e muita, muita animação.

Agente temporário ajuda a salvar bebê de quatro meses que estava engasgado em Braço do Norte

O agente temporário orientou a mãe pelo telefone a fazer os primeiros socorros