Segurança

Polícia faz megaoperação para achar motorista que matou PM de SC

Cabo Maciel estava em serviço quando foi atropelado e morreu

Divulgação

Uma força-tarefa com agentes de várias cidades está empenhada na manhã desta segunda-feira (25) para localizar o homem que atropelou e matou o policial militar rodoviário de Blumenau Alexandre Maciel.

Bope e o helicóptero Águia da PM atuam nas buscas desde as primeiras horas do dia. As informações apontam que o rapaz de 26 anos está escondido na mata ou em alguma casa na região onde aconteceu o acidente em Massaranduba.

A polícia informou que o homem procurado é um foragido do sistema prisional por não ter retornado de uma ‘saidinha’.

O cabo Maciel atendia uma ocorrência na SC-108 em Massaranduba na noite deste domingo (24) quando percebeu o carro em alta velocidade fugindo de outra guarnição e deu ordem de parada ao veículo. O motorista ignorou e atingiu o agente.

Os bombeiros chegaram a prestar socorro, a vítima foi levada ao pronto socorro, mas não resistiu diante da gravidade dos ferimentos.

Após cometer o crime, o homem abandonou o carro e correu para o mato. No veículo os policiais encontraram a esposa do criminoso trancada.

Maciel tinha 40 anos e trabalhava no posto da Polícia Militar Rodoviária de Blumenau há 10 anos. O militar, que ingressou na PM de SC em 16 de janeiro de 2006, deixa esposa e dois filhos. O velório está marcado para as 10h no Crematório Neuhaus, no bairro Salto Norte.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Cidade de SC lança cartilha de saúde em idioma do Haiti para atender os mais de 300 imigrantes

Objetivo do material é facilitar a comunicação entre esse grupo e os profissionais da áre da saúde

SC tem menor taxa de desemprego do país no 1º trimestre de 2022, segundo IBGE

Taxa de desemprego no Estado foi de 4,5%, menos da metade do dado médio nacional que foi de 11,1%

Trio é suspeito de matar homem a tiros e facadas em SC

Crime ocorreu no interior de Itaiópolis, na noite de domingo (15)

Turismo nacional avança mais de 75% em março na comparação com 2021

Dados do Índice de Atividades Turísticas do Brasil reforçam as perspectivas de recuperação do setor