Segurança

Polícia indicia traficantes na região com atuação no PR e SC

Grupo atuava entre o estado do Paraná e Santa Catarina. Além de drogas, foram apreendidos diversos veículos, bloqueio de valores em conta, apreensões em dinheiro e maquinário para o preparo de droga, somando patrimônio de R$1 MI

Divulgação

Após nove meses de investigação, a Polícia Civil, através da Delegacia de Forquilhinha, enviou ao poder judiciário, um inquérito que apurou as ações de uma organização criminosa interestadual. O grupo é envolvido no tráfico de maconha e cocaína entre Foz do Iguaçu, no Paraná, e Santa Catarina. Oito pessoas foram presas.

No dia 07 de junho deste ano, três dos investigados, dentre eles o líder do grupo e mais duas mulheres, foram autuados em flagrante, no município de Irati (PR), enquanto transportavam 248 quilos de maconha para a região. Dois dias após, no dia 09, deu-se cumprimento a 13 mandados de busca e apreensão e a oito mandados de prisão temporária, sendo cumpridos pela Polícia Civil de Santa Catarina com o apoio da Policia Rodoviária Federal.

Carregamentos de drogas

A investigação aprendeu mais 20 quilos de maconha com um membro da organização criminosa em outra oportunidade. Além disto, outros carregamentos de drogas foram identificados e apreendidos com integrantes da quadrilha como, por exemplo, 98 quilos de maconha em agosto de 2020 e dois quilos de cocaína em novembro de 2020.

Além das apreensões de drogas, foram apreendidos diversos veículos como moto aquática, bloqueio de valores em conta, apreensões em dinheiro, maquinário para o preparo de droga, somando patrimônio de um milhão de reais.

Foragidos da justiça

Em agosto de 2021, foi dada prisão temporária a oito investigados, a prisão de mais sete prisões preventivas de outros integrantes e mais sete mandados de buscas e apreensões, realizadas integralmente. Desta forma, a Polícia Civil de Santa Catarina e do Paraná deram cumprimento às decisões judiciais em Forquilhinha, Criciúma, Gaspar, Curitiba e Foz do Iguaçu, dando cumprimento aos mandados de busca e apreensão e a mais quatro mandados de prisões preventivas, restando, até o momento, apenas três foragidos da justiça. Todos os indiciados foram denunciados pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

Mudas de banana são doadas para as escolas municipais de Criciúma

Iniciativa é uma parceria entre a Gerência de Agricultura e Agronegócio e a Secretaria Municipal de Educação

Últimos dias para adquirir a Rifa da Fazendinha

Até a manhã desta sexta-feira (17), a Escola Bairro Bortolotto já vendeu 39 mil bilhetes

Polícia Federal realiza operação contra pornografia infantil em Araranguá

Com o aprofundamento das investigações, foi identificado que o suspeito, de 21 anos, estaria utilizando a rede social para compartilhamento dos arquivos com outros usuários, inclusive de outras nacionalidades

Educação se manifesta após compra de máscaras com suspeita de irregularidade