Segurança

Polícia manda equipe de especialistas para investigar local da queda de avião em SC

Acidente aconteceu na região Norte catarinense

Foto: Divulgação

As investigações sobre o acidente com o avião que caiu entre Itapoá e Garuva, no Norte de Santa Catarina, seguem sendo feitas pela Polícia Científica nesta quarta-feira, 5. Uma equipe com cinco policiais especialistas está no local da queda, juntamente com profissionais do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) e da Força Aérea Brasileira (FAB).

Neste momento, conforme o órgão, as buscas tentam localizar vestígios que possam determinar as causas do acidente. A conclusão da investigação depende de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os possíveis fatores que causaram o acidente.

A Polícia Científica identificou as duas vítimas na última terça-feira (4) e liberou os corpos de Antônio Augusto de Castro Santos, 52 anos, identificado por impressões digitais; e Geraldo Claudio de Assis Lima, 66 anos, por análises da arcada dentária.

O acidente

O avião partiu de Governador Valadares (MG) com destino a Florianópolis quando caiu na noite de segunda-feira (3), pouco depois das 17h. A aeronave foi encontrada destruída em uma área de mata próxima da SC-416, entre Garuva e Itapoá, no Norte de Santa Catarina.

De acordo com informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião é da empresa Conserva de Estradas, era um modelo Beech Aircraft de 1982, realizava serviços aéreo privado e estava com o Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade (CVA) regularizado, com vencimento apenas para 2025.

Equipes de emergência com efetivo dos bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil e Força Aérea Brasileira (FAB) atuaram na ocorrência.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Mulher é morta a facadas pelo namorado após discussão por ciúmes em Criciúma

Namorado confessou ter usado uma faca de cozinha para matar a vítima em Criciúma

Tigre entra em campo pressionado neste domingo

Pescadores capturam mais de 780 mil tainhas na modalidade arrasto de praia

Corpo de homem é encontrado boiando em rio em Treze de Maio