Segurança

Polícia Militar apreende drogas no bairro Metropol, em Criciúma

Também foi apreendido no interior do apartamento um pássaro “trinca-ferro”, sem anilha, além de cinco frascos de sulfato de morfina

Divulgação

Na noite dessa sexta-feira, a Polícia Militar foi acionada via Central Regional de Emergência para averiguar suspeita de uso de entorpecente em um apartamento no bairro Metropol, em Criciúma.
De posse das informações, a guarnição PM deslocou até o residencial; a porta do prédio foi aberta por um morador.

A PM, então, subiu até o terceiro andar, onde já foi possível sentir forte odor de maconha. Em um primeiro momento, não se ouvia barulho no interior do apartamento, porém, em dado instante, foram ouvidos sons de algo batendo no interior do apartamento, o que gerou suspeita de que alguém estivesse dispensando as drogas no local.

Diante do contexto, foi realizada a entrada no local, onde após varredura ninguém foi localizado no interior do apartamento. Foi encontrado um pouco de maconha em um prato na cozinha, uma porção de cocaína na gaveta de um criado mudo em um dos quartos; em outro cômodo, foi localizada uma mochila, contendo vários tabletes de maconha, porções de cocaína, porções de crack, duas balanças de precisão, um facão e um martelo para cortar a droga.

Também foi apreendido no interior do apartamento um pássaro “trinca-ferro”, sem anilha, além de cinco frascos de sulfato de morfina. Todo o material foi entregue na delegacia de Polícia Civil.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

PRF recupera veículo roubado e com placas falsas na BR-101, em Criciúma

O motorista conseguiu fugir a pé pelo mato.

Em Criciúma, já são mais de 12 mil vacinados contra o sarampo

Campanha iniciou em outubro de 2019 e foi entendida até 31 de agosto deste ano

Classificação de risco para o coronavírus cai de grave para alto em Criciúma

Mudança mostra que situação melhorou em relação à pandemia e novas flexibilizações estão permitidas

Foragida por participar de homicídio, mulher se apresenta à DP, em Criciúma

Com isso, todos os três envolvidos no assassinato ocorrido no bairro Quarta Linha no final de julho estão presos