Geral

Polícia Militar interrompe festas em Braço do Norte

Eventos estão proibidos em Santa Catarina desde março por causa da pandemia.

Viatura PM noite

Foto: Divulgação

A Polícia Militar (PM) interrompeu uma confraternização em residência, em Braço do Norte, nesta quinta-feira (13), por vota das 11h20. Os agentes foram acionados para atender uma denúncia de perturbação de sossego e encontraram uma aglomeração com pessoas ingerindo bebida alcoólica no local. O fato ocorreu no bairro Vila Nova.

Cerca de 1h depois do ocorrido no bairro Vila Nova, na madrugada desta sexta-feira (14), uma festa de aniversário foi encerrada, no Centro do município. No local havia aglomeração e perturbação de pessoas. Um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado. Nos dois eventos a quantidade de participantes não foi informada.

A Associação de Municípios da Região de Laguna é considerada em situação de risco gravíssimo por causa do coronavírus em Santa Catarina. Nesta sexta-feira, o governo do Estado deve publicar um novo decreto específico para áreas consideradas como gravíssimas.

Em Santa Catarina, eventos e festas estão proibidos desde março e bares e outros estabelecimentos podem funcionar, mas respeitando distanciamento social e horários estabelecidos. No entanto, segundo os órgãos de segurança envolvidos nas ações de fiscalizações, as regras de isolamento social contra o coronavírus não eram seguidas.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Comissão organizadora discute medidas de segurança para a Agromel, em Içara

Idosa é estuprada após assalto, em Timbé do Sul

Colisão seguida de atropelamento mata motociclista na SC-100, em Balneário Rincão

O motociclista, de 48 anos, colidiu em um carro e, em seguida, foi atropelado por uma Van, cujo condutor estava embriagado.