Geral

Polícia Militar suspende concurso para Oficiais por recomendação do MPSC

Ministério Público apontou possíveis irregularidades nas provas que poderiam acarretar na nulidade do certame.

Foto: Divulgação

Por recomendação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), o Secretário da Segurança Pública e Comandante-Geral da Polícia Militar de Santa Catarina suspendeu o concurso público para admissão de candidatos no Curso de Formação de Oficial. Na recomendação, o Ministério Público aponta possíveis irregularidades que podem acarretar a anulação do certame.

A recomendação foi expedida pela 12ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital. Na recomendação, o Ministério Público destaca a existência de uma sequência lógica no gabarito de resposta das provas objetivas, que, se levada ao conhecimento de algum candidato, caracterizaria fraude ao concurso público.

Acrescenta, ainda, a possível ocorrência de impedimento de membro da banca do concurso em função da inscrição de candidato parente consanguíneo em primeiro grau, o que comprometeria sua isenção e imparcialidade, ainda que não tenha participado da confecção das provas. Ambos os casos poderiam levar à nulidade do concurso público.

No dia 25 de janeiro, a comissão geral de concursos da Polícia Militar publicou o edital acatando a recomendação do Ministério Público para suspender o certame até a conclusão das investigações.

Colaboração: Comunicação Ministério Público de Santa Catarina

Notícias Relacionadas

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Coronavírus em SC: Polícia Militar ultrapassa 100 mil fiscalizações no trabalho de combate à Covid-19

1.701 estabelecimentos foram notificados e 76 foram interditados.

Suspeito de furto sobrevive ao cair de telhado de empresa em Tubarão

Vítima foi encontrada pelo proprietário da empresa. Segundo informações, indivíduo estava com hálito alcoólico.

Justiça Federal concede liminar e suspende licenças para implantação de condomínio no Farol de Santa Marta

Além da suspensão, a proprietária não poderá promover qualquer intervenção na área, em Laguna (SC), sob pena de multa diária de R$ 10 mil