Segurança

Policial leva três tiros em ataque ordenado por facção criminosa de SC

Grupo foi preso logo após o ataque à base da Polícia Militar de Ibiam, cidade no Oeste do Estado

Divulgação

Um policial foi baleado enquanto estava trabalhando na base da PM na cidade de Ibiam, no Oeste de Santa Catarina, na madrugada deste sábado (21). O sargento levou três tiros e está internado, mas não corre risco de morrer, de acordo com a corporação. O crime foi cometido por um grupo armado e teria sido ordenado por uma facção criminosa, segundo o tenente Luis Henrique Almeida, comandante da PM na região.

Era por volta das 2h da madrugada quando quatro pessoas em um carro chegaram à base da PM na cidade de menos de 2 mil habitantes.

Dois homens e uma mulher teriam descido enquanto o motorista ficou no veículo. O grupo pediu informações ao sargento e neste momento fez os disparos. O militar foi atingido no rosto, peito e braço. O agente precisou ser levado ao Hospital Universitário Santa Terezinha, em Joaçaba.

— Ele está internado em observação e não corre risco de morrer — diz Almeida.

Segundo o comandante da PM na região de Ibiam, o grupo fugiu após o ataque e foi localizado mais tarde em Campos Novos, município a cerca de 30 quilõmetros de onde o policial foi baleado. O bando seria conhecido das autoridades, com passagens criminais anteriores. Eles teriam dito que agiram seguindo ordens.

— A princípio eles teriam uma dívida com uma facção criminosa e para pagar essa dívida teriam que executar um policial. Essa seria a motivação levantada até o momento — afirma o militar.

O caso segue agora para investigação da Polícia Civil.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Ministério viabiliza reajuste de salário para agentes de saúde

Eles passarão a ganhar R$ 2.424,00

SESI inicia aulas de robótica de alto desempenho em parceria com o município de Criciúma

Cerca de 20 alunos, de 14 escolas municipais, estão participando da oficina

Mulher será indenizada após vestido arrebentar em baile e praticamente deixar ‘seio à mostra’, decide TJSC

Ação foi movida contra loja contratada. Segundo a Justiça, a alça da peça arrebentou e causou constrangimento. A sentença foi divulgada na quinta-feira e cabe recurso.

Noite de confraternização coroa o sucesso da primeira turma do PGVE realizado pela ACIO

Capacitação proporcionou o conhecimento necessário para 50 empreendedores alavancarem os resultados dos seus negócios.