Segurança

Policial Militar de folga age e imobiliza assaltante em Braço do Norte

O policial saltou do carro, percorreu cerca de 100 metros e derrubou o assaltante.

Divulgação

Um policial militar de Braço do Norte, que estava em horário de folga, passando pelo Centro da cidade, frustou os planos de um assaltante na terça-feira (26) da semana passada .

A vítima, uma mulher de inicias H.M., relatou à Polícia Militar que estava caminhando na Avenida Felipe Schmitd (Centro de Braço do Norte), quando um homem, que estava em uma bicicleta, exigiu que ela entregasse o celular, ameaçando “dar um tiro” e mostrando um pedaço de cano.

Ao entregar o celular, o fone de ouvido, que estava conectado, acabou ficando preso à roupa da vítima, que demorou para realizar a entrega do objeto e começou a gritar. Foi neste momento que o PM Patrick Vieira Dias, lotado na Guarnição Especial de Braço do Norte (GEBN), que estava passando de carro, no banco do caroneiro, agiu.

Ele saltou do carro, percorreu cerca de 100 metros e derrubou o assaltante, de iniciais R.O.G., que já estava se evadindo do local com o smartphone da vítima. A Polícia Militar foi chamada e o assaltante levado à Delegacia de Polícia Civil. O assaltante foi autor de mais três roubos em Braço do Norte se utilizando na mesma técnica: abordava mulheres, ameaçava, mostrava o que seria o cano de uma arma e tomava os celulares. R.O.G. foi conduzido ao presídio de Tubarão.

Foto: Patrick Vieira Dias/Arquivo Pessoal

Notícias Relacionadas

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Interessados em oferecer serviços de transportes com plataformas digitais têm 30 dias para se regularizar em Braço do Norte

Após 30 dias, aqueles que estiverem exercendo o transporte remunerado de passageiros e não estiverem regularizados estarão sujeitos às medidas estabelecidas na Lei Complementar 487/2019.

Braço do Norte unifica as medidas para combate ao Covid-19, seguindo na íntegra as determinações do Governo Estadual

A iniciativa visa facilitar a vida dos cidadãos braçonortenses, uma vez que estavam vigentes no Município medidas mais restritivas em comparação com as editadas pelo Governo do Estado.