Segurança

Por ciúmes, ele matou a namorada com martelada e facadas em Criciúma

Feminicídio foi registrado ontem em Criciúma. Hoje, o autor se apresentou à Polícia Civil e confessou o crime.

Foto: Divulgação

Uma mulher de 34 anos foi encontrada morta ontem em sua residência, no Bairro São Sebastião. Ela apresentava sinais de esfaqueamento no pescoço, cabeça e face. Feitas as diligências, o autor do crime apresentou-se à Polícia Civil hoje.

“O suspeito era o namorado de 25 anos, que teria passado a noite com ela e depois sumido. À tarde ele resolveu se apresentar, havíamos ido na casa dele ontem à tarde e conversado com os pais”, informa o delegado da Divisão de Investigações Criminais (DIC), André Borges Milanese. “Ele acabou confessando com riqueza de detalhes”, observa.

O casal havia bebido bastante na noite de sábado. “Ao acordar no domingo, o homem mexeu no celular dela, viu mensagens que entendeu serem frutos de possível traição e resolveu mata-la com uma martelada na cabeça e depois 40 golpes de faca”, detalha o delegado.

Depois do depoimento, o autor levou os policiais até o local onde havia abandonado o martelo e a faca de churrasco utilizados no crime. “Ele será indiciado por feminicídio, agravado pela crueldade na prática do crime e por ter agido sem chances de defesa. Ele vai permanecer preso por trinta dias e nesse período finalizamos o inquérito para que ele continue na prisão”, conclui Milanese.

Com informações do Portal 4oito

Notícias Relacionadas

Filha de vítima de latrocínio será indenizada em R$ 300 mil pelo autor do crime em Santa Rosa do Sul

O crime ocorreu em março de 2013, na cidade de Santa Rosa do Sul, e o acusado foi condenado a 20 anos de reclusão em regime fechado.

Jovens de 11 e 12 anos dão uma facada em idoso durante roubo em Sangão

A vítima de 60 anos foi levada para o hospital. A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar por volta das 16h50 deste domingo (20).

Cartorário acusado da morte da namorada responderá por crime com motivação fútil

O crime ocorreu na madrugada do dia 8 de maio de 2018, na cidade de Imbituba.

Irmãs são abusadas por meio-irmão em Imbituba

No local, os policiais conversaram com a mãe das meninas, que contou que, momentos antes, ouviu as filhas gritando no quarto.