Segurança

Por dívida com facção, detento é assassinado no Presídio Santa Augusta em Criciúma

Foi o segundo caso de homicídio já registrado em Criciúma neste ano de 2019.

Foto: Daniel Búrigo/ATribuna

O segundo homicídio de Criciúma em 2019 foi registrado ontem, quando um preso foi assassinado por outro detento no Presídio Santa Augusta. Jandir dos Santos José, de 35 anos, foi morto estrangulado por um jovem de 19 anos, que assumiu a autoria do crime. As informações são do Portal 4Oito.

Conforme o diretor do Presídio Santa Augusta, Rodrigo Ferreira, o homicídio foi registrado durante o banho de sol dos detentos. “Nossos agentes perceberam uma movimentação e foram verificar, mas quando conseguiram chegar, o preso já estava morto. Ele foi estrangulado com uma corda feita de camiseta, e teve cortes no peito, pescoço, orelha e boca, provavelmente feitos por uma lâmina de barbear”, conta.

Vários detentos, segundo Ferreira, foram para um ponto cego e mais distante das câmeras de segurança da unidade prisional, e se posicionaram na frente para esconder inicialmente o que acontecia. “Posteriormente foi realizada a revista, mas ainda não conseguimos encontrar o objeto utilizado para causar os cortes”, completa.

A motivação do crime, pelo que foi descoberto inicialmente, gira em torno de alguma dívida que a vítima possuía com uma facção criminosa. “Agora, o autor do crime ficará isolado por 30 dias, até terminarmos a apuração do que realmente aconteceu. Estamos verificando para ver se conseguimos identificar mais algum participante desse homicídio, já repassamos a investigação para a Polícia Civil e eles estão analisando as imagens”, argumenta o diretor.

Notícias Relacionadas

Mais de 5,7 mil crianças comparecem na 1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Criciúma

Número superou a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde. Segunda etapa inicia dia 18 de novembro, com foco em adultos de 20 a 29 anos

STF autoriza SC a utilizar recursos do pagamento da dívida com a União no enfrentamento da Covid-19

O pedido foi protocolado pela Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina (PGE) para garantir que a União deixe de aplicar qualquer tipo de penalidade ao estado em razão da suspensão dos pagamentos.

Rever: aplicativo que contribui para a coleta seletiva já tem grande demanda de usuários em Criciúma

Plataforma digital auxilia nas denúncias de irregularidades e solicitações para coletas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.