Geral

Preços do gás de cozinha variam até 27% entre cidades de SC

Pesquisa da ANP aponta cidades em que o produto está mais caro no Estado; veja lista

Foto: Agência Brasil

Uma análise recente revela uma disparidade significativa nos preços do gás de cozinha em diferentes cidades de Santa Catarina, com uma variação de até 27%. De acordo com os dados mais recentes da Agência Nacional do Petróleo (ANP), divulgados nesta segunda-feira (26) e referentes a 24 de fevereiro, o gás de cozinha mais caro do estado é encontrado em Chapecó, no Oeste, onde o valor médio do botijão de 13 quilos é de R$ 128,25.

Por outro lado, o preço mais acessível foi registrado em Jaraguá do Sul, com o botijão sendo vendido por R$ 100,93, representando uma diferença significativa em relação à cidade mais cara. Com isso, a diferença percentual entre o município com o botijão de gás mais caro e o mais barato chega a 27%.

Em média, considerando as 21 cidades pesquisadas em Santa Catarina, o preço médio do gás de cozinha ficou em R$ 114,61. Brusque, no Vale do Itajaí, ocupa a segunda posição no ranking dos preços mais elevados, com o valor médio de R$ 126,22, sendo superada por Chapecó nesta última pesquisa.

O aumento nos preços do gás de cozinha no início de fevereiro foi atribuído a um reajuste nas alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), resultando em um acréscimo de até R$ 18 no valor do botijão de 13 quilos.

Segue abaixo a lista de preços do gás de cozinha em algumas cidades de Santa Catarina:

  • Chapecó: R$ 128,25
  • Brusque: R$ 126,22
  • São José: R$ 120,30
  • Balneário Camboriú: R$ 119,56
  • Videira: R$ 119,37
  • Mafra: R$ 119,12
  • Joinville: R$ 118,95
  • Palhoça: R$ 117,59
  • Caçador: R$ 116,99
  • Biguaçu: R$ 116,62
  • Florianópolis: R$ 116,50
  • Criciúma: R$ 113,37
  • Xanxerê: R$ 112,50
  • Concórdia: R$ 110,60
  • Lages: R$ 110,00
  • Itajaí: R$ 108,76
  • Tubarão: R$ 106,87
  • Araranguá: R$ 105,50
  • Blumenau: R$ 104,45
  • Laguna: R$ 103,87
  • Jaraguá do Sul: R$ 100,93

Variação da Gasolina é de 8,98%

Além do gás de cozinha, os preços da gasolina também apresentam variações notáveis em diferentes regiões de Santa Catarina, com uma diferença de 8,98% entre a cidade com o preço mais alto e a com o mais baixo. Brusque lidera como a cidade com a gasolina comum mais cara, onde o preço médio praticado pelos postos é de R$ 6,07. Em contraste, Jaraguá do Sul oferece o preço mais acessível, com uma média de R$ 5,57.

Aqui estão os preços da gasolina comum em algumas cidades catarinenses:

  • Jaraguá do Sul: R$ 5,57
  • Tubarão: R$ 5,60
  • Palhoça: R$ 5,81
  • Chapecó: R$ 5,83
  • Joinville: R$ 5,86
  • Biguaçu: R$ 5,87
  • Laguna: R$ 5,87
  • São José: R$ 5,87
  • Itajaí: R$ 5,88
  • Blumenau: R$ 5,89
  • Xanxerê: R$ 5,90
  • Araranguá: R$ 5,91
  • Florianópolis: R$ 5,91
  • Mafra: R$ 5,93
  • Caçador: R$ 5,95
  • Criciúma: R$ 5,95
  • Videira: R$ 6,00
  • Balneário Camboriú: R$ 6,03
  • Concórdia: R$ 6,06
  • Lages: R$ 6,06
  • Brusque: R$ 6,07

Informações retiradas do NSC Total

Notícias Relacionadas

Chuva intensa em SC: Defesa Civil alerta para risco de alagamentos nos próximos 5 dias

A previsão de chuva forte e persistente nos próximos dias afeta principalmente as áreas litorâneas de Santa Catarina

Corredor Ecológico da Serra Geral pode afetar prática agrícola na região

Alerta foi feito pelo advogado e geógrafo Eduardo Bastos Moreira Lima.

Integrantes de organização criminosa são presos por mutilar brutalmente os dedos de uma mulher em Tubarão

A agressão, que foi filmada pelos criminosos, foi motivada por dívida de drogas.

Corpo de Bombeiros de Lauro Müller combate incêndio em caminhão

Havia outros caminhões próximos e, felizmente, colaboradores da empresa conseguiram controlar as chamas até a chegada dos profissionais