Política

Prefeitos denunciam falsidade ideológica na eleição da Fecam

Duas das três chapas foram impugnadas pela Comissão Eleitoral; entenda os motivos

Divulgação

Acusações de falsidade ideológica motivaram a impugnação de duas das três chapas registradas para a eleição à presidência da Fecam (Federação dos Municípios de Santa Catarina). A decisão foi tomada nesta terça-feira (25) pela Comissão Eleitoral.

A chapa 1, encabeçada pelo prefeito Jorge Luiz Koch (MDB), de Orleans, foi confirmada.

A chapa 2, da prefeita de Vargem, Milena Andersen Lopes (PL), e a chapa 3, do prefeito de São João do Itaperiú, Clézio José Fortunato (MDB), foram excluídas do processo.

Divulgação

Candidaturas sem autorização

Conforme análise da Comissão Eleitoral, tanto a chapa 2 quanto a chapa 3 inscreveram candidatos sem autorização dos respectivos prefeitos.

A prefeita Nilza Nilda Simas, de Itapema, encaminhou ofício informando à Fecam que não havia concordado com sua inclusão na chapa 2.

Na mesma chapa 2, foi inscrito para o Conselho Fiscal o prefeito Douglas Elias Costa, do município de Barra Velha, que não está apto a votar e ser votado, já que a cidade não está quite com suas obrigações estatutárias com a Fecam.

Já na chapa 3, o prefeito Juliano Schneider, de Luzerna, também encaminhou ofício informando que não havia concordado com a inclusão do nome.

Ainda na chapa, João Cidinei da Silva, prefeito de Anita Garibaldi e indicado para o Conselho Fiscal, é da mesma região do prefeito Antônio Ceron, de Lages, indicado ao Conselho Executivo, o que não é permitido pelo regimento eleitoral.

Na mesma chapa 3, Hélio Alberto Júnior, prefeito de Grão-Pará, também não está apto a votar e ser votado, já que o município não estava quite com as obrigações estatutárias com a Fecam.

Por fim, tanto a chapa 2 quanto a chapa 3 inscreveram número abaixo do previsto em regimento para o Conselho Fiscal.

O prazo para inscrição de chapas terminou na segunda-feira (24) e as eleições estão marcadas para segunda-feira (31), no Palácio Barriga Verde, sede da Assembleia Legislativa. As chapas impugnadas não poderão mudar os integrantes.

Com informações de Altair Magagnin, colunista do ND+

Notícias Relacionadas

Cão farejador encontra quase meio quilo de maconha em Tubarão

As 429 gramas de maconha foram encontradas em um terreno baldio no bairro Passagem, dentro de uma sacola plástica

Populares apagam incêndio após carro pegar fogo em Sombrio

O Corpo de Bombeiros fez o rescaldo com aproximadamente 100 litros de água e também desligou a bateria

Com parceria do Município de Braço do Norte, Senai inaugura nova sede

Faculdades Esucri oferecem descontos na graduação para acadêmicos com mais de 45 anos

A instituição conta com professores capacitados nos seus 13 cursos de graduação