Segurança

Prefeitos querem o aumento do efetivo policial na Região da AMREC

Durante assembleia ordinária da AMREC, os prefeitos receberam o delegado regional Vitor Bianco Júnior, que tratou dos números da região

Divulgação

Os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) vão solicitar que o Governo do Estado aumente o número de policiais militares e civis da região. Um ofício aprovado durante a reunião da AMREC nesta quinta-feira (17/02) será entregue ao Governador Carlos Moisés na segunda-feira (21/02), em audiência prevista para às 18h, no Marista.

Durante assembleia ordinária da AMREC, os prefeitos receberam o delegado regional Vitor Bianco Júnior, que tratou dos números da região. Hoje a delegacia regional de Criciúma conta com 153 policiais civis; enquanto a região de Araranguá tem 102. A regional de Tubarão está com 143 e a de Laguna, 94.

Num comparativo populacional, só a cidade de Criciúma, tendo a cidade de Araranguá como base, deveria ter 180 policiais. Na comparação com Tubarão seria 139, e na comparação com Laguna, 203 policiais civis.

Notícias Relacionadas

Embarcação vira com quatro pescadores no Balneário Rincão

Ocorrência foi atendida pelo Serviço Aeromédico (Saer)

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

Homem de 57 anos é preso após tentar beijar menina de 11 anos à força, em Orleans

Fato ocorreu na Rua Aristiliano Ramos, na tarde deste sábado, dia 21.

Número de transplantes de rim caiu nos últimos dois anos

Sociedade Brasileira de Urologia lançou campanha para estimular doação