Geral

Prefeitura de Criciúma estabelece recesso para fim de ano

Escalas de plantão já foram determinadas para os setores considerados prioritários e o atendimento ao público será mantido

Divulgação

A Prefeitura Municipal de Criciúma divulgou o decreto nº 1507/20, que estipula o recesso nas repartições públicas neste final de ano. O período inicia na próxima segunda-feira (21) e segue até o dia 6 de janeiro de 2020. Escalas de plantão já foram determinadas para os setores considerados prioritários e o atendimento ao público e o horário das 8h às 17h, serão mantidos.

O documento assinado pelo prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, e pelo secretário-geral, Vagner Espíndola Rodrigues, prevê que os serviços essenciais continuem normalmente. As Unidades Básicas de Saúde irão fechar apenas nos dias 24, 25, 31 e 01 de janeiro. Já o 24h do Boa Vista e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Próspera, com serviços de urgência e emergência, além do Centro de Triagem e Centro de Retaguarda Coronavírus, no Rio Maina, funcionarão todos os dias.

O serviço de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), também irá parar nos dias de ponto facultativo, retornando logo após as datas. O que também vale para o Paço Municipal. Na coleta de lixo, os funcionários trabalharão nos dias 24 e 31 para antecipar o serviço, parando nos dias 25 e 01 e janeiro.

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta nove regiões em estado gravíssimo e sete em nível grave

A matriz classifica nove das 16 regiões de saúde catarinenses como em alerta gravíssimo (cor vermelha) para transmissão do novo coronavírus

Vacinação contra o coronavírus começa em Laguna

A primeira a receber a aplicação, foi a senhora Lealcina da Silva Lopes, de 98 anos

Capivari de Baixo: técnica em enfermagem é a primeira a ser vacinada

A aplicação ocorreu nesta quarta-feira (20) pela manhã

Renata Joaquim foi a primeira funcionária da saúde que recebeu a vacina contra Covid-19 em São Ludgero

Técnica em Enfermagem, Renata Joaquim, de 51 anos, foi a primeira funcionária pública de São Ludgero com atuação a mais de 27 anos na área da saúde