Geral

Prêmio ‘Inimigo Número 1 da Hepatite C’ é entregue à equipe do Programa de Hepatites Virais de Criciúma

Projeto dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde é o melhor da região Sul em nível nacional.

Divulgação

O projeto desenvolvido pela equipe do Programa de Hepatites Virais da Secretaria Municipal de Saúde recebeu o prêmio de ‘Inimigo Número 1 da Hepatite C’, da Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH), sendo a melhor da região Sul do país. O grupo apresentou o projeto vencedor, que identifica novos casos de hepatite C no município, durante o Congresso Brasileiro de Hepatologia, em São Paulo.

Por 30 dias, a equipe realizou os testes rápidos de hepatite C em 180 pacientes, das 500 pessoas diabéticas que buscam a medicação na Farmácia Judicial de Criciúma, já que os indivíduos com hepatite C possuem quatro vezes mais chances de desenvolverem diabetes do tipo 2.

“Dos 180 pacientes, identificamos dois casos com reagentes para hepatite C e um para hepatite B. Tivemos uma prevalência de 1,1% para C. Os testes irão continuar na farmácia, pois queremos realizar, neste mês de outubro, o teste nos pacientes restantes”, comenta a enfermeira e coordenadora do Programa de Hepatites Virais da Secretaria Municipal de Saúde, Fabiana de Brida.

Apresentação e futuro do projeto

Fabiana e a farmacêutica do órgão municipal, Rúbia Bresciani, foram convidadas a apresentar os resultados da pesquisa na Semana de Ciência e Tecnologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), que ocorre de 21 a 25 de outubro.

Um dos objetivos da equipe é a implantação dos testes na farmácia escola da Unesc, que possui uma média de 1,5 mil pacientes diabéticos que buscam insulina no local. “É de suma importância melhorar a qualidade de vida dos pacientes que identificamos com a hepatite C, os que já são portadores de diabetes e prevenir novos casos de hepatites virais, visando a eliminação da hepatite C”, completa Fabiana.

Além das profissionais, a equipe é composta pelas técnicas de enfermagem Terezinha Neves Guimara e Valéria de Souza Vieira dos Santos, pela assistente social Beatriz da Silva Flor e o gastroenterologista Luiz Augusto Borba.

Colaboração: Comunicação DECOM

Notícias Relacionadas

Equipe do Programa de Hepatites Virais de Criciúma recebe prêmio ‘Inimigo número 1 da Hepatite C’

Município ficou entre os cinco melhores do país. Prêmio será entregue em outubro, em São Paulo

Comissão organizadora aguarda retirada de prêmio principal da Rifa de Santa Paulina, do Bairro Arizona

O prêmio de R$ 30 mil sorteado no dia 16 de junho de 2019 não foi retirado ainda pelo vencedor. Os organizadores alertam que o prazo limite para receber o prêmio vai até o dia 4 de setembro de 2019.

Troféu Fama 2018 reconhece empresas e profissionais de Orleans e Lauro Müller

Mega-Sena sorteia neste sábado terceiro maior prêmio da história

São R$ 275 milhões para quem acertar as seis dezenas.