Saúde

Primeira etapa da vacinação contra a gripe entra na reta final em Criciúma

Segunda etapa inicia na próxima terça-feira (11), e será destina a idosos acima de 60 anos e professores

Divulgação

A Secretaria de Saúde de Criciúma segue vacinando a população contra a influenza (gripe) nas 50 Unidades Básicas de Saúde (UBS) com sala de vacinação do município. Até o momento foram imunizadas 9.740 pessoas nesta primeira etapa, que é voltada para crianças de seis meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (até 45 dias pós-parto) e profissionais da saúde. A segunda etapa inicia na próxima terça-feira (11), e será destina a idosos acima de 60 anos e professores.

São 8.256 crianças, 797 gestantes, 139 puérperas e 548 profissionais da área da saúde vacinados nesta primeira etapa, que se encerra na segunda (10). Para a segunda etapa, o público-alvo de vacinação serão idosos acima de 60 anos e professores e que podem se vacinar até o dia 8 de junho. Já a partir do dia 9 de junho até o dia 9 de julho, serão imunizadas pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários e população privada do sistema de privação de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Processo de imunização

Para crianças que nunca se vacinaram em anos anteriores, até atingir os 5 anos, são necessárias duas doses da vacina. Já para faixa etária acima de 5 anos, mesmo que nunca tenham se vacinado, é necessário somente uma dose. “As pessoas podem se vacinar até o fim da campanha mesmo que a sua etapa já tenha passado. O que não pode é antecipar as etapas”, afirma a enfermeira do setor de imunização da Vigilância Epidemiológica de Criciúma, Liene Magnus.

Para receber a imunização o cidadão deve levar um documento de identidade e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Para quem é cadastrado na UBS do Centro, a vacinação está sendo feita na própria unidade, ficando o campo do Criciúma E.C. apenas para vacinação contra Covid.

Vacinação contra a febre amarela em Criciúma

Também é possível se imunizar contra a febre amarela no município. Para isso, a pessoa deve levar um documento de identidade e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) até uma Unidade Básica de Saúde com sala de vacinação. A vacina é recomendada para pessoas que têm entre 9 meses e 59 anos de idade e para pessoas que têm 60 anos ou mais, é necessário possuir declaração médica.

Notícias Relacionadas

Fapesc investe R$ 1 milhão em novos estudos para produção de vinho e uva em SC

A produção de uvas e vinho abrange ainda uma área de cultivo de cerca de 6 mil hectares em diferentes regiões. Só de vinícolas, são 95 empresas registradas no Estado

Profissionais da Assistência Social passam por minicurso sobre abordagem antirracista em Criciúma

Palestra foi ministrada por três profissionais da área da Educação e Direito e ocorreu no Salão Ouro Negro

24 horas: Um sonho de 30 anos realizado em Cocal do Sul

A inauguração será neste domingo (26), às 18h, no dia do aniversário de 30 anos de Cocal do Sul

Edital Cultura Criciúma contemplará 30 projetos com R$ 133 mil

Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de outubro. Objetivo é incentivar atividades culturais na cidade