Saúde

Primeiro caso da variante Ômicron em SC é confirmado

Paciente é um homem de 66 anos, morador de Jaraguá do Sul

Divulgação

Santa Catarina confirmou nesta terça-feira (21) o primeiro caso importado da variante Ômicron, da Covid-19. O paciente é um homem de 66 anos, morador de Jaraguá do Sul, no Norte do Estado, que retornou de uma viagem da África do Sul no início deste mês.

Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC), ele apresentou os primeiros sintomas em 9 de dezembro e, então, começou período de 14 dias em isolamento. Ele estava com o esquema vacinal completo, e os sintomas foram leves.

O exame foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC) que encaminhou a amostra para realização de sequenciamento genômico no Laboratório de Referência Nacional para Santa Catarina, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro, conforme fluxo da vigilância genômica nacional.

Outros 56 casos da variante são investigados em Santa Catarina, em nove municípios:

  • Balneário Camboriú – um caso;
  • Biguaçu – dois casos;
  • Camboriú – um caso; 
  • Florianópolis – 46 casos;
  • Palhoça – dois casos;
  • Canoinhas – um caso; 
  • Santo Amaro da Imperatriz – um caso;
  • São Francisco do Sul – um caso; 
  • São José – um caso. 

De acordo com a Dive, 36 amostras foram encaminhadas na segunda-feira (20) para a Fiocruz, no Rio de Janeiro. Outras 20 serão encaminhadas para o Laboratório de Bioinformática da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde será feito o sequenciamento genômico e os municípios serão informados para realizarem o monitoramento.

O superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, explica que a variante Ômicron é de grande preocupação para a saúde dos catarinenses, considerando a sua característica de ter uma capacidade de transmissão maior do que as variantes já identificadas.

— Essa nova variante pode provocar uma interrupção na tendência de redução nos casos de Covid-19 em nosso Estado. Dados do Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos apontam que, em menos de uma semana, a variante Ômicron passou a ser responsável por 73% de todos os casos confirmados nos EUA. Estima-se que mais de 100 mil infecções ocorreram em um único dia em Nova Iorque, portanto essa nova variante não deve ser menosprezada — enfatiza. 

A variante Ômicron foi detectada pelo Instituto Nacional de Doenças Transmissíveis da África do Sul (NICD) em novembro de 2021. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Ômicron é altamente transmissível e com grande número de mutações.

Sintomas da variante Ômicron da Covid-19
  • Cansaço extremo
  • Mal-estar
  • Dores Musculares
  • Fadiga
  • Dores de cabeça

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.

Um ano de vacinação contra Covid-19 com início da imunização de crianças

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos é a forma que SC celebra data