Saúde

Primeiro caso de febre amarela em humano é confirmado na região da Amurel

O homem é morador de Imbituba. Dos sete casos confirmados nesse ano em SC, dois não resistiram e foram a óbito

Divulgação

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC) confirmou o sétimo caso humano de febre amarela no estado. O diagnóstico foi confirmado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC). O homem de 29 anos é morador de Imbituba, entretanto, o Local Provável de Infecção (LPI) é o município de Urussanga. Ele está internado no Hospital Nereu Ramos, na capital.

Dos sete casos confirmados da doença nesse ano em SC, dois não resistiram e foram a óbito. O primeiro foi um homem, de 34 anos, morador de Águas Mornas, na Grande Florianópolis. O outro, de um morador de 59 anos, de São Bonifácio, também região da Grande Florianópolis.

Os outros casos já confirmados são de Taió, Águas Mornas, Anitápolis e Blumenau. Nenhum dos casos confirmados tinha registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

Com informações do HCNoticias

Notícias Relacionadas

Em 16 meses, Covid-19 mata mais em SC do que crimes violentos ao longo de 10 anos; veja

Desde o início da pandemia até este sábado (31), doença já causou quase 18 mil óbitos no Estado; veja números das mortes violentas categorizadas por tipos de crime.

Rebeca Andrade conquista ouro para o Brasil na ginástica artística

É a segunda medalha da ginasta em Tóquio.

Qualidade da água melhora em 62,5 % dos rios de SC; veja na sua região

Boletim divulgado pelo governo estadual, porém, também aponta piora em 30% dos rios da vertente litorânea.

Jovem morre e adolescente fica ferido em ataque a tiros em Sombrio

O crime aconteceu na noite de sexta-feira (30) e os autores ainda não foram identificados.