Educação

Procon de Criciúma divulga pesquisa de preços de material escolar

Variações de preços em itens vão de 46% até 473%

Divulgação

A Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma divulgou, nesta terça-feira (18), a pesquisa de preços de material escolar para 2022. De acordo com a pesquisa, neste ano, os itens com maior variação entre o menor e maior preço foram os dicionários de português e inglês, com uma variação de 473%. Já o item com a menor variação foi a resma de papel A4, com 46%.

A pesquisa de campo mobilizou dois agentes entre os dias 13 e 15 de janeiro. “Esse levantamento anual tem o objetivo de conscientizar o consumidor, e mostrar que é possível economizar pesquisando preços antes da compra. É importante lembrar que existem materiais obrigatórios, de uso pessoal do aluno, e não obrigatórios, aqueles de uso coletivo. Além disso, não é preciso apresentar os itens de uso coletivo de uma só vez, podendo entregá-los ao longo do ano letivo”, ressaltou o coordenador do Procon, Gustavo Colle.

Os dicionários de português e inglês, considerando as marcas e lojas analisadas, pode ser encontrado com preços entre R$ 2,60 e R$ 14,90. Já o item com menor variação de preço foi a resma de papel A4, com preços entre R$ 19,90 e R$ 29,00. A lista completa, com os mesmos materiais (de marcas diferentes), pode ser comprada em um único local por preços que variam, dependendo da loja, de R$ 148,76 a R$ 228,10.

A tabela inclui 34 itens – como lápis, borracha, apontador, entre outros –, com preços comparados em sete lojas da cidade. A lista pode ser acessada no link. Para mais informações, os consumidores podem acompanhar as redes do Procon Criciúma, no facebook e @procon.criciuma.sc, no instagram. As aulas na rede municipal retornam no dia 14 de fevereiro.

Notícias Relacionadas

Susto! Tripulantes de barco à deriva são resgatados próximo ao Camacho

O motor do barco sofreu uma pane mecânica; três tripulantes estavam no veículo marítimo

Empresa é condenada a pagar R$ 50 mil de indenização por danos morais

A decisão foi expedida pela 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Criciúma

Vizinho e mulher são presos por estuprar menina de 7 anos em SC

Polícia Civil diz que exame realizado na criança confirma violência sexual; homem de 53 anos é vizinho da vítima

SC investiga dois casos suspeitos de varíola dos macacos; veja o que se sabe

Investigação é realizada pelo Lacen (Laboratório Central de Santa Catarina); até o momento, são 37 casos registrados no país