Geral

Procon Içara divulga pesquisa do preço de combustíveis

Pesquisa foi realizada em 21 estabelecimentos.

Posto de Combustível

Foto: Douglas Saviato / Arquivo Engeplus

A pesquisa de preços de combustíveis feita pela Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Içara, apontou aumento no preço médio da gasolina, diesel e do diesel S10. A pesquisa foi realizada na última quinta-feira em 21 postos do município.

Os dados indicam que o preço mínimo encontrado para a gasolina comum foi de R$4,19; para a gasolina aditivada de R$ 4,24; para o diesel foi de R$ 3,29; e para o diesel S-10 foi de R$ 3,39.

De acordo com a Diretora Executiva do Procon Içara, Karoline Calegari, o órgão realiza as pesquisas mensalmente desde junho do ano passado. “Na compra de produtos ou serviços, tais quais os combustíveis, deve-se exigir sempre a nota fiscal. Municiado o consumidor dessa nota, em caso de constatação de alguma irregularidade, leve ao Procon para que possamos tomar as medidas cabíveis”, orientou.

A pesquisa completa com todos os valores está afixada na sede do Procon, para obtê-la basta que o consumidor solicite via e-mail do órgão, qual seja: [email protected]

A orientação do Procon Içara é que, em caso de dúvidas, informações e denúncias, o consumidor deve procurar a instituição, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 13hrs às 17hrs, com sede na Rua Altamiro Guimarães, 356, Centro; ou ainda través do telefone (48) 3432-5299.

Foto: Divulgação

Notícias Relacionadas

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

IBGE inicia a Pesquisa de Orçamentos Familiares 2017/2018 na região

A POF é o levantamento mais detalhado sobre os padrões de consumo dos brasileiros. Baseado nessa pesquisa, o IBGE atualiza a cesta de itens do Índice de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA.

Abastecimento chega ao limite em Imbituba

Postos de combustíveis e supermercados devem liquidar seus estoques até a próxima terça-feira (29).

Petroleiros deflagram greve de 72 horas a partir de quarta-feira