Geral

Produção de banana é a mais afetada com o vendaval em Criciúma

Banana caturra foi a mais afetada. Dados foram coletados pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

Divulgação

As rajadas de vento que passaram pela região nesta terça (30) e quarta-feira (1°), em decorrência de um ciclone extratropical, afetaram a agricultura em Criciúma. A produção de banana foi a mais afetada. Dos aproximadamente 800 hectares do município, pelo menos 500 foram afetadas. É o que aponta o levantamento da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) para a Gerência de Agricultura e Agronegócio de Criciúma.

“O efeito maior foi a desfolha, que rasga as folhas. Nós fizemos o levantamento com os agricultores de várias localidades aqui do município, em torno de 150 hectares tombaram com a fruta, então esse foi o prejuízo maior. A banana mais prejudicada foi a caturra, a branca também, mas um pouco menos”, explicou o engenheiro Agrônomo da Epagri, Roberto Francisco Longhi. Dos 150 hectares que caíram, estima-se que 50% foi perdido, resultando no prejuízo de aproximadamente R$ 500 mil.

Conforme o profissional, a produção de bananas já estava passando pelas secas desde o ano passado, assim como outros setores da agricultura. “Agora vai atrasar ainda mais o desenvolvimento. As plantas que caíram, as folhas rasgadas, tudo isso vai esticar ainda mais o tempo para colher essa plantação”, ressaltou.

Durante o levantamento, também foram observados prejuízos menores em relação à produção de morangos e destelhamentos de galpões. Devido à época do ano, não há tantas lavouras em desenvolvimento, e as hortaliças, que por se tratarem de plantas de baixo porte, não foram tão atingidas pelos fortes ventos.

Com informações do DECOM

Notícias Relacionadas

Defesa Civil alerta para chance de temporais, granizo, vendaval e maré alta em SC no fim de semana

Entre domingo e segunda, ondas podem chegar aos 4 metros.

Ao menos 600 casas são destelhadas por temporal e Papanduva decreta emergência

De acordo com a Defesa Civil do município, 20 famílias foram retiradas de casa e levadas para residências de parentes, outras cinco precisaram de atendimento médico.

Vendaval danifica casas e galpões em Grão Pará e Rio Fortuna

Segundo a Defesa Civil, danos foram pontuais. Órgão alerta sobre a propagação de imagens e vídeos falsos (fake news), induzindo a população a acreditar em notícias falsas.

Primeiro dia registra 200 cadastros para saque do FGTS em Treviso

Nascidos em abril, maio e junho devem comparecer ao Auditório Vilso Savaris nesta terça-feira (12).