Geral

Professores de Lauro Müller inovam e se destacam no ensino à distância durante pandemia

A experiência rende aulas divertidas, coloridas e com interação próxima ao convívio físico tradicional das escolas.

Divulgação/Prefeitura de Lauro Müller

Professores da rede municipal de ensino de Lauro Müller têm se destacado com a produção de aulas online, durante o isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19. Saindo da sala de aula para a internet, eles sintetizam o conhecimento e a dinâmica do currículo escolar presencial e se inserem num cenário novo para eles próprios e os alunos. A experiência rende aulas divertidas, coloridas e com interação próxima ao convívio físico tradicional das escolas.

Professores e alunos participam das aulas online desde a segunda-feira passada (20). De acordo com a Secretaria da Educação, cada estudante tem acesso às atividades em formato virtual, e também impresso, para aqueles que não tem acesso à internet. As aulas virtuais são organizadas pela Plataforma Virtual de Aprendizagem: Positivo ON, do Sistema Aprende Brasil.

Além da plataforma, os professores utilizam outras mídias e redes sociais, principalmente o aplicativo para smartphones WhatsApp.

Divulgação/Prefeitura de Lauro Müller

Para os professores, a primeira semana foi de adaptação ao novo modelo. “Estamos passando por um momento de mudanças, o qual nos causa uma certa insegurança, por ser algo novo. Mas, aos poucos juntamente com a família e aluno, estamos nos adaptando. A Secretária da Educação, juntamente com a direção da creche [onde trabalho], vem nos orientando e nos apoiando nessa nova etapa”, afirma a professora Cintia Carniato. Ela é professora do Centro Educacional Infantil Criança Feliz, no Rio Bonito.

A interação entre professor e aluno ainda se desenrola, visto que as atividades online ainda estão evoluindo e se adaptando. “Não temos o contato físico, o carinho a empolgação de nossos pequenos em cada uma de suas conquistas, bem como no processo de novas descobertas e na formação do conhecimento científico”, diz a professora Heloísa Dalssasso, do C.E.I Criança Feliz, Distrito de Barro Branco. “Sabemos que isso não substitui a presença física, mas estamos fazendo o possível para este momento”, garante.

Divulgação/Prefeitura de Lauro Müller

Para as aulas, os professores estão produzindo e editando vídeos para desenvolver as atividades. Muitos deles preparam o cenário, reproduzindo a sala de aula em salas de visita, cozinhas, áreas de lazer de casa. Além dos vídeos e cenários, os educadores preparam materiais, artes e atividades que são compartilhados com as crianças. Superando os limites técnicos e de estrutura, os profissionais estão atravessando as dificuldades impostas pelo isolamento e vão conectando pessoas através do aprendizado.

Em nota, a Secretaria da Educação afirma que iniciou as atividades no modelo não presencial e, a partir deste novo contexto, as escolas, junto com o corpo docente e os pais, estão trabalhando com muita responsabilidade e compromisso para que o ensino aprendizagem seja de forma significativa e prazerosa, oportunizando, assim, atividades que estejam adequadas as habilidades dos alunos.

Cerca de duas mil crianças e adolescentes estão tendo acesso à educação através atividades não presenciais, proporcionada durante o período de medidas para afastamento social imposta pela Covid-19.

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Governador lista doações recebidas e agradece generosidade dos catarinenses em meio à pandemia

As doações incluem itens de higiene e equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

Escolas devem reduzir em 15% mensalidades do ensino infantil durante pandemia, decide TJ

A pena em caso de descumprimento é de R$ 1 mil por aluno e por mês.

Inovação e tecnologia ampliam a prestação de serviços digitais do Estado ao cidadão durante pandemia

Com aplicativos, sites e plataformas digitais, secretarias e órgãos de Estado adaptaram suas rotinas e substituíram o atendimento presencial pelo online.

Voos de drones, para captar informações geográficas de Lauro Müller, começam na próxima semana

Trabalho de coleta de informações é parte do Projeto de Gestão Territorial desenvolvido pela Unesc para o município.