Educação

Professores do magistério receberão 6,81% de aumento salarial

O piso nacional do magistério terá um ganho real de 3,9% e um salário de R$ 2.455,35, para jornada de 40 horas semanais. Reajuste já está valendo.

Foto: Osvaldo Nocetti/Ascom

Os professores do magistério receberão a partir deste mês de janeiro, um aumento de 6,81% no piso salarial. O reajuste foi anunciado anunciado no dia 28 de dezembro e segue a Lei do Piso.

Segundo o MEC, por estar acima do índice de inflação previsto para este ano, o piso nacional do magistério terá um ganho real de 3,9% e um salário de R$ 2.455,35, para jornada de 40 horas semanais. Nos últimos dois anos, os professores tiveram um ganho real de 5,22%, o que corresponde a R$ 124,96, de acordo com a pasta.

Para o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, o percentual está dentro do esperado, pois foi calculado de acordo com o mecanismo já utilizado nos últimos anos.

No entanto, ele alerta para o fato de que faltam dois anos para o cumprimento da meta 17 do Plano Nacional de Educação, que estabelece que até 2020 o salário médio dos professores deve ser equiparado com o salário médio de outras profissões. “Vai precisar de um esforço maior do MEC, junto com estados e municípios para que essa meta seja alcançada até 2020”, disse Araújo à Agência Brasil.

O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo as regras da Lei 11.738/2008, a chamada Lei do Piso, que define o mínimo a ser pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais. O critério adotado para o reajuste desde 2009 tem como referência o índice de crescimento do valor mínimo por aluno ao ano do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

IFSC e Gered abrem curso de formação para professores da rede estadual em Criciúma

Secretaria de Educação de SC abre concurso para mil vagas

Cargos são de professor, orientador educacional, administrador escolar, supervisor escolar e assistente de educação.

Comerciários assinam Convenção Coletiva em Criciúma

Documento determina o reajuste salarial referente ao ano de 2017. O reajuste será de 4,22% e o piso salarial da categoria passa a ser R$ 1.270,00

Carreta Odontosesc realizará três mil consultas em dois meses

A carreta Odontosesc funcionará até o dia 20 de junho, de segunda à sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.