Saúde

Profissionais da educação em Lauro Müller começam a ser testados contra Covid-19

O objetivo é garantir a segurança, tanto dos educadores, quanto dos alunos, para o retorno às aulas que já ocorreu nesta quinta-feira (18).

Divulgação

O Governo do Município de Lauro Müller, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, iniciou nesta sexta-feira (19), a testagem dos profissionais da rede municipal de educação contra a Covid-19

O objetivo é garantir a segurança, tanto dos educadores, quanto dos alunos, para o retorno às aulas que já ocorreu nesta quinta-feira (18).

Com isso, os testes foram iniciados nos profissionais do C.E.I Irani Vargas e os demais profissionais de educação de outras instituições serão testados a partir da próxima semana.

Cerca de 300 testes serão realizados, são testes rápidos, para que possam ser feitos dentro das escolas, para que não haja a necessidade dos profissionais da educação estarem se deslocando até o centro de triagem.

A fim de evitar a Covid-19, qualquer funcionário da educação que manifestar sintomas gripais, terá que ficar em isolamento social e evitar contato com o máximo de pessoas possíveis.

Notícias Relacionadas

Força tarefa de Criciúma repete abordagem social em pessoas em situação de rua

Duas equipes formadas por técnicos da Secretaria de Assistência Social e Habitação, em parceria com Polícia Militar, Defesa Civil, DTT e DFU percorreram novamente os arredores do bairro Pinheirinho e Região Central

Com decretos do Estado, orientações e fiscalizações ganham força em Morro da Fumaça

Reunião na manhã desta sexta-feira, dia 26, tratou do assunto e traçou estratégias

Covid-19: Idosos entre 80 e 84 anos são vacinados em Treviso

Como estratégia de imunização, as doses serão aplicadas em visita domiciliar. Ao todo, o município possui 54 idosos entre 80 e 84 anos

Coronavírus em SC: Saiba quais serviços não podem funcionar neste fim de semana após decreto do Governo do Estado

Os protocolos de saúde, previstos na publicação, têm o objetivo de desacelerar a curva de contágio da doença em um momento de alta taxa de ocupação dos leitos clínicos e de UTI no Estado